Alec Baldwin mata diretora em set; veja tragédias nos bastidores


  • © Instagram

    Alec Baldwin protagonizou uma verdadeira tragédia no set de filmagem do filme “Rust” – um faroeste ambientado no século 19 -, no Novo México, Estados Unidos, na última quinta-feira (21). Ao disparar uma arma cenográfica, o famoso acabou matando Halyna Hutchins, diretora de fotografia, de 42 anos, e feriu o diretor Joel Souza, de 48 anos.

    Infelizmente, porém, a tragédia não foi a primeira a acontecer nos bastidores de gravações. Confira outros acidentes terríveis que já ocorreram em outras ocasiões a seguir!

  • © Divulgação

    Uma das piores tragédias ocorridas em gravações aconteceu no filme “O Corvo” (1994). Brandon Lee, filho de Bruce Lee, foi morto em uma das cenas. Na ocasião, durante a filmagem de uma sequência em que o personagem do rapaz recebia um tiro, ele foi alvejado pelo ator Michael Masse – que não sabia que a arma usada era de verdade e estava carregada. Lee chegou a ser socorrido, mas não resistiu. O fato traumatizou Masse, que ficou mais de um ano sem atuar

  • Dublê de Daniel Radcliffe, David Holmes ficou gravemente ferido durante as filmagens de “Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1” (2010) e perdeu os movimentos do corpo. Em uma cena de voo, o rapaz foi jogado em uma parede e caiu no chão, o que lhe deixou paralisado

  • © Facebook

    Em “Deadpool 2” (2018), Joi SJ Harris sofreu um acidente fatal. A dublê fazia acrobacias em sua moto quando perdeu o controle da direção e foi arremessada contra a fachada de vidro de um prédio, na cidade de Vancouver, no Canadá. Sem capacete, ela não resistiu ao acidente

  • © Divulgação

    Em “A Última Caça” (1972), uma verdadeira tragédia ocorreu nos bastidores. Gravada na África do Sul, a produção tinha como objetivo retratar um homem que saía em busca do maior leão da savana africana. Por ironia do destino, um leão invadiu o set de filmagem e matou o técnico de som James Chapman

  • © Divulgação

    Na 8ª temporada de “The Walking Dead”, o dublê John Bernecker morreu no set. O artista despencou de uma altura de 6 metros. A queda, porém, deveria ter ocorrido sobre um colchão de segurança, mas o rapaz errou o alvo. Bernecker chegou a ser socorrido, mas não resistiu

  • © YouTube

    Em “No Limite da Realidade” (1983), três pessoas morreram durante as gravações. Um helicóptero caiu durante as filmagens de uma cena de batalha, o que fez com que Vic Morrow fosse decapitado por uma das pás, Renee Chen, de seis anos, fosse esmagado, e Myca Dinh Le, de sete anos, fosse cortada por uma das lâminas. Tudo foi presenciado pelos pais das crianças. A Warner Bros, o diretor John Landis e diversos outros envolvidos foram acusados criminalmente na Justiça. Contudo, foram absolvidos

  • © Divulgação

    Uma das maiores tragédias da história do cinema ocorreu em “The Sword of Tipu Sultan” (1989). Ao todo, 62 figurantes e membros da equipe morreram na produção indiana, vítimas de um incêndio que destruiu o estúdio em que uma das cenas estava sendo rodada. O diretor e ator principal, Sanjay Khan, conseguiu sobreviver. Entretanto, precisou se submeter a mais de 70 cirurgias reparadoras

  • © Divulgação

    Em “Batman – O Cavaleiro das Trevas” (2008), o carro no qual o cinegrafista Conway Wickiliffe se encontrava para um ensaio se chocou contra uma árvore, matando o profissional. Acusado judicialmente de não garantir a segurança nos bastidores, o especialista em efeitos especiais Christopher Corbould foi inocentado por uma corte inglesa, em 2011

  • © Divulgação

    Em “Os Mercenários 2” (2012), dois dublês foram atingidos em uma cena de explosão em um barco. Kun Liu não resistiu e morreu. Já Nuo Sun ficou ferido, mas conseguiu se recuperar

  • © Divulgação

    Embora não tenha sido um acidente fatal, Harrison Ford passou por um verdadeiro susto durante as gravações de “Star Wars – O Despertar da Força” (2015). Em uma das cenas, uma porta de metal do cenário se fechou sobre o veterano, o que fez com que ele fraturasse a perna. Em virtude disso, o famoso precisou passar por uma cirurgia e colocar uma placa no tornozelo. J.J. Abrams, diretor do projeto, também machucou a coluna ao tentar ajudar Ford

  • © Divulgação

    Em “Truque de Mestre” (2013), Isla Fisher quase se afogou. A atriz ficou com a corrente presa em sua roupa em uma das cenas debaixo d’água, entrou em pânico, mas as pessoas ao redor acreditaram que ela estava apenas encenando. Com isso, a moça chegou a ficar na água por quase três minutos antes de ser resgatada. Por sorte, nada pior ocorreu

  • © Divulgação

    Em “Missão Impossível 6” (2018), Tom Cruise, que não costuma fazer uso de dublês, fraturou o tornozelo ao tentar pular contra o parapeito de um prédio, em uma das cenas do longa. O ator acabou recebendo um impacto maior do que esperava e se machucou, tendo que adiar a continuidade do longa

  • © Divulgação

    Em “Duro de Matar” (1988), Bruce Willis quase ficou surdo de um ouvido. Em uma cena de tiro, o som alto da arma causou danos permanentes em sua audição. O ator perdeu dois terços da habilidade de ouvir com seu ouvido esquerdo

  • © Divulgação

    Em “Django Livre” (2012), Leonardo DiCaprio teve um profundo corte na mão em uma das cenas, mas continuou gravando mesmo assim. O incidente ocorreu quando o artista bateu em uma mesa com muita força, o que fez com que o copo quebrasse e o ferisse





Close sidebar