Atriz de “Smallville” assume culpa após acusação de tráfico sexual


© Divulgação

Allison Mack assumiu a culpa pelo crime de tráfico sexual de mulheres, durante uma audiência, em Nova York, nos Estados Unidos. A atriz, conhecida por interpretar Chloe Sullivan em “Smallville” (2011-2012), chorou diante do juiz e pediu desculpa às mulheres exploradas pelo guru Keith Raniere.

VOCÊ VIU? Marina Ruy Barbosa debocha de supostas críticas de Lilia Cabral

Eliminada, Gabi comenta racismo no “BBB 19”: “Vou tomar providências”

Jornalistas da Globo são tiradas do ar após críticas a Bolsonaro

Artistas viram meme por apresentações no “Show dos Famosos”

“Acreditei que as intenções de Raniere eram a de ajudar pessoas, e eu estava errada. Sei que posso ser uma pessoa melhor, e serei”, disse no tribunal.

Ao confessar, a loira ficou livre de um julgamento coletivo. A decisão final do magistrado ficou marcada para o dia 15 de setembro, e, caso condenada, a jovem poderá ficar presa por até 15 anos.

As mulheres aliciadas eram marcadas na região pélvica, e obrigadas a fazerem sexo forçado. Além disso, as vítimas eram submetidas a dietas extremas. Para conseguir chantageá-las, a famosa e o guru usavam fotos nuas e outras informações que as moças haviam cedido aos dois.

Vale lembrar que Alisson foi presa em abril de 2018. Porém, 5 dias depois, conseguiu uma liberdade condicional sob a fiança de S$ 5 milhões, o equivalente a R$ 20 milhões.