Gwyneth Paltrow é processada após atropelar homem com esqui


© Instagram


Gwyneth Paltrow acaba de ser processada por um homem que a acusa de atropelá-lo com um esqui. O problema, na verdade, é que a famosa não teria prestado socorro a Terry Sanderson após o acidente, que aconteceu no resort Deer Valley, em Park City, nos Estados Unidos.





VOCÊ VIU? Luciana Gimenez é medicada durante passagem por Nova York

Irmão de Cauã Reymond faz homenagem emocionante à mãe

Após polêmica, Melody é proibida de usar maquiagem e decote

Ex-participante do “Top Chef” morre aos 29 anos

A vítima também acusou o instrutor do local de proteger sua cliente mais famosa, já que se negou a escrever um relatório culpando a artista pelo ocorrido, de acordo com a CBS.

Sanderson supostamente quebrou quatro costelas e sofreu uma lesão cerebral, enquanto Paltrow “se levantou, olhou para Sanderson e esquiou para longe”, segundo o processo.

O relatório da vítima ainda contém a declaração de uma testemunha que afirma ter avistado a estrela de “Homem de Ferro” atingindo Terry por trás e seguir esquiando. Ainda foi relatado que Gwyneth estava além da velocidade permitida e recomendada pelos instrutores.



A atriz, em sua defesa, definiu as acusações como “totalmente sem mérito”. “Qualquer um que ler os fatos do acontecido vai perceber que é uma acusação falsa”, definiu através de sua empresa, a Goop.