Par de Heath Ledger em filme, Jake Gyllenhaal fala pela primeira vez sobre morte ator: “Não podia expressar com palavras”


© Divulgação


Após oito anos, Jake Gyllenhaal falou pela primeira vez sobre a morte de Heath Ledger, ocorrida em janeiro de 2008. O ator, que atuou como companheiro de Ledger em “O Segredo de Brokeback Mountain” (2005), confessou que, na época, não soube lidar com a perda e preferiu ficar em silêncio.





Veja também:

Intérprete de Anakin Skywalker, em “Star Wars”, é diagnosticado com esquizofrenia

“Em termos que usaria um profissional, eu estava em uma idade em que não tinha muito clara a ideia da morte. Me afetou de uma maneira que não podia expressar com palavras”, explicou em entrevista à revista “People”, na última semana.

Gyllenhaal também destacou a importância das amizades feitas durante as gravações de um filme: “Nenhuma atenção que provém do êxito de um longa importa. O que realmente faz a diferença são as relações que mantém quando está fazendo um filme e as pessoas com quem aprende”.



Heath Ledger morreu devido a uma sobredose de medicamento, seis meses antes da estreia do filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, no qual deu vida ao vilão Coringa, uma das principais produções de sua carreira.