• © YouTube

    Muitos atores têm uma veia cômica que fala mais forte na hora de escolher os papéis que interpretarão nas produções televisivas, teatrais ou cinematográficas. Apesar disso, alguns já deixaram a comédia de lado e se arriscaram em outros desafios.

    Jim Carrey, por exemplo,  é conhecidíssimo por seus filmes de comédia, onde abusa das caretas e espontaneidade. O ator, porém, não deixou de encarar papéis dramáticos nas telonas ao longo de sua carreira.

    Diferente do que se pode pensar, muitos desses personagens encarnados por comediantes foram aclamados pela crítica e pelo público, e chegaram a ser contemplados com indicações a prêmios.

    Veja, nas páginas a seguir, humoristas que já fizeram dramas!

  • © Divulgação

    Jim Carrey ganhou nada menos que US$ 23 milhões para estrelar o filme de terror “Número 23” (2007). Em 2003, participou de “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças”, em que foi indicado a um Globo de Ouro pela boa atuação dramática

  • © Divulgação

    Em 2000, Jim Carey venceu o Globo de Ouro de Melhor Ator por viver Andy Kaufman na cinebiografia “O Mundo de Andy”

  • © Divulgação

    Melissa McCarthy certamente já fez muitos darem risada com seus papéis cômicos no cinema, contudo, o lançamento do filme “Poderia Me Perdoar?” (2019) levou a carreira da atriz a um novo patamar

  • © Divulgação

    A atuação de Melissa McCarthy no drama lhe rendeu indicações em diversas premiações, como o Oscar

  • © Divulgação

    Eddie Murphy é uma grande estrela da comédia em Hollywood e isso não é segredo para ninguém. O ator, porém, não deixa de mostrar seu talento em produções de outros gêneros

  • © Divulgação

    O musical “Dreamgirls: Em Busca De Um Sonho” (2006) rendeu a Eddie Murphy um Globo de Ouro, além de sua única indicação ao Oscar

  • © Divulgação

    Robin Willams imortalizou sua carreira com papéis divertidíssimos, como “Uma Babá Quase Perfeita” (1993) e “Uma Noite No Museu” (2006), mas foi com trabalhos no drama que o falecido artista conquistou prêmios de atuação

  • © Divulgação

    O papel dramático de Robin Williams mais memorável, e que lhe rendeu um Oscar, foi em “Gênio Indomável” (1997)

  • © TV Globo

    Marcos Veras é conhecido por seus papéis de humor, mas também encarou personagens sérios, como nas novelas “Babilônia” (2015) e “Pega Pega” (2017), da TV Globo

  • © TV Globo

    Marcos Veras viveu seu personagem mais sério e dramático no cinema, com o filme “O Filho Eterno” (2016)

  • © Divulgação

    Ben Stiller é o responsável por garantir a maioria das risadas na franquia “Entrando Numa Fria” (2000) e no clássico “Quem Vai Ficar Com Mary?” (1998)

  • © Divulgação

    Foi a década de 2010 que inseriu Ben Stiller em algumas produções indie, com temáticas dramáticas. Em 2017, participou do drama “O Estado das Coisas”

  • © Divulgação

    Steve Carell é um ator que já deu vida aos icônicos personagens de “O Virgem de 40 Anos” (2005) e “A Volta do Todo Poderoso” (2007)

  • © Divulgação

    Steve Carell, porém, já mostrou seu talento no drama. Destaque para “Pequena Miss Sunshine” (2006), “A Grande Aposta” (2015) e “Vice” (2018)

  • © Divulgação

    Mike Myers dá voz a ninguém menos que o ogro Shrek, além de ter estreado filmes como “Quanto Mais Idiota Melhor” (1992) e a franquia “Austin Powers”

  • © Divulgação

    Nos anos mais recentes, contudo, Mike Myers estrelou produções sérias, como “Bastardos Inglórios” (2009) e “Bohemian Rhapsody” (2018)

  • © Divulgação

    Bill Murray – imortalizado por seu papel em “Caça-Fantasmas” (1984) – tem papéis dramáticos em seu currículo

  • © Divulgação

    Foi por “Encontros e Desencontros” (2003), entretanto, que Bill Murray chamou atenção dos críticos e garantiu sua única indicação ao Oscar

  • © Netflix

    Marlon Wayans é a grande estrela dos gigantes da comédia hollywoodiana “Todo Mundo Em Pânico” (2000) e “As Branquelas” (2004). Mais recentemente, o ator brilhou em “O Homem Nu” (2018), da Netflix

  • © Divulgação/Camarote N1

    Muita gente não imagina que a veia artística de Marlon Wayans lhe permitiu dar profundidade a papéis sérios, como em “Réquiem Para Um Sonho” (2001) e “G.I. Joe – A Origem de Cobra” (2009)

  • © AgNews

    João Vicente de Castro é um dos criadores do “Porta Dos Fundos”, do YouTube, mas já viveu um vilão em “Rock Story” (2016), da TV Globo

  • © Divulgação/TV Globo

    Atualmente, João Vicente de Castro é o protagonista de “Espelho da Vida” – trama das 18h da emissora carioca

  • © Divulgação

    Adam Sandler é marcado por todos os filmes de comédia que já estrelou ao longo de sua carreira. Os queridinhos, claro, são “Como Se Fosse a Primeira Vez” (2004), “O Paizão” (1999) e “Click” (2006), por exemplo

  • © Divulgação

    Adam Sandler, entretanto, já mostrou sua versatilidade ao encarar papéis sérios, como em “Homens, Mulheres e Filhos” (2014) e “Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe” (2017)

  • © Divulgação

    Steve Martin é um dos grandes humoristas de Hollywood e seus papéis costumam ter grandes reviravoltas. Quem nunca se emocionou com “Doze é Demais” (2003)?

  • © Divulgação

    Steve Martin, entretanto, já fez papéis sérios, como “A Garota da Vitrine” (2005), por exemplo

  • © Divulgação

    Jerry Lewis foi um dos maiores comediantes americanos e já arrancou muitas risadas com a sua longa lista de produções, desde a década de 60 até sua morte, em 2017

  • © NBC

    Jerry Lewis, entretanto, já se arriscou em filmes dramáticos, como “O Rei da Comédia” (1983) e “Max Rose” (2013)

Será que combina? Veja os humoristas que já fizeram dramas





Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE