Vin Diesel é acusado de quebrar acordo e pode ter que pagar R$ 790 mil a ex-sócio


© Divulgação


Vin Diesel enfrenta uma batalha na Justiça contra o produtor Goerge Zakk. O ex-sócio so ator entrou com um processo contra última terça-feira (10), em Los Angeles, nos Estados Unidos, e alega que deveria receber US$ 275 mil (cerca de R$ 790 mil) pelo terceiro filme da franquia “Triplo X”, que está em processo de produção.

VOCÊ VIU? Emma Watson tem nome citado em novo relatório dos Panama Papers

O documento enviado ao juiz diz que o produtor começou a trabalhar com o astro dos cinemas há 21 anos e o teria ajudado a criar a produtora One Race Films em 2001. Porém, saiu da companhia seis anos mais tarde. O empresário afirma que deveria receber o valor assim que as sequências do longa saíssem, uma vez que ele ajudou a produzir.

George admite ter recebido por “Riddick”, que saiu em 2013, mas não pelo novo “Triplo X”. Vale lembrar que o primeiro, lançado em 2002, arrecadou US$ 277 milhões, pouco mais de R$ 790 milhões, enquanto o segundo, de 2005, conseguiu menos. Foram US$ 70 milhões (pouco mais de R$ 240 milhões).

O terceiro longa deve estrear em janeiro do ano que vem. Além de Vin, o elenco conta com Samuel L. Jackson.



Close sidebar