Irmã do rapper Criolo morre de Covid-19


© Instagram


Morreu aos 39 anos de idade, no último sábado (5), Cleane Gomes, irmã do rapper Criolo. A informação foi dada por Maria Vilani, mãe da dupla, no Instagram.

LEIA TAMBÉM: Mentor diz que viúva provocava MC Kevin com outros homens

Com Covid-19, missionário R. R. Soares é intubado no RJ

Câmera erra e mostra apresentador de bermuda em telejornal

Bastante emocionada, a matriarca fez uma homenagem à herdeira em um longo texto na rede social. Papai do céu presenteou-me com dois meninos maravilhosos e, depois de sete anos, você chegou, depois de uma gravidez muito difícil, pois parecia que você não queria vir a esse mundo, mas aceitou a missão para fazer-me feliz. Você chegou por meio de parto normal, o mais suave possível, o parto que menos doeu. Você iluminou a minha vida de sofredora de favela, e por você seu pai moveu o mundo para sairmos da favela. Quando você completou quatro meses de vida nesse Planeta, saímos da favela”, iniciou.

Em outro trecho, a veterana disse ter aprendido muito com a filha. “[…] Você foi embalada com muito carinho por mim, seu pai e seus irmãos. Você era a nossa princesinha. E, para a sua avó paterna, você era um raio de sol. Minha filha, você foi boa mãe, boa filha, boa irmã, magnífica tia, uma excelente amiga e professora, uma grande artista circense e cênica, artista plástica, compositora e poeta das boas. Dona de um coração maior que o corpo. Aprendi muito com você.”

Maria também garantiu não estar revoltada com a morte da moça em decorrência da Covid-19. “Não sinto revolta pela pandemia, nem pelo descaso do governo em relação às vacinas, porque sinto no meu coração e na minha alma que você partiu no seu momento de partir. Se não fosse a Covid-19, seria qualquer outro motivo. Você realmente terminou a sua missão nesse plano, em 5 de junho de 2021. Seria egoísmo não aceitar a sua libertação. O que lamento nesse momento é mandar esse texto para o mundo, sem a sua revisão. Você revisava tudo antes de eu postar nas redes sociais. O texto vai cheio de erros, mas cheio de amor, aceitação e resignação”, completou.






Close sidebar