Youtuber pinta máscara no rosto para burlar lei e pode ser deportada


© Instagram


Leia Se, uma youtuber russa, pode ser deportada da Indonésia já nos próximos dias. A jovem e o namorado, o taiwanês Josh Paler Lin, enfrentam um processo judicial após pintarem uma máscara no rosto para burlarem as leis locais de prevenção à Covid-19 e conseguirem entrar em um mercado, no dia 22 de abril.

LEIA TAMBÉM: Brothers vão às lágrimas ao descobrirem que vacinação contra a Covid-19 já começou

Jornalistas são assassinados ao filmar documentário sobre caça ilegal

Luana Piovani diz que já passou sabão na boca dos filhos: “Falando palavrão”

Anitta, Sabrina, Pabllo… Veja as famosas sem maquiagem!

De acordo com o “Daily Mail”, a dupla havia sido proibida de ingressar no local pela falta da proteção. Por essa razão, os dois tiveram a ideia de pintar o rosto para tentarem enganar a fiscalização.

“Eles não apenas desrespeitaram a lei, mas deliberadamente fizeram uma provocação em público. Então é justo punir com mais severidade, não só com multa, mas também com deportação”, declarou uma autoridade do governo ao site indonésio Coconut.

Pelas leis da região, estrangeiros podem ser multados em R$ 370 pela falta da máscara. Caso eles reincidam na transgressão, podem ser expulsos do país.

Embora tenham apagado o vídeo e se desculpado pelo que definiram como “brincadeira”, os youtubers não devem conseguir o perdão do governo. Isso porque, pela gravidade do caso, as autoridades locais querem a deportação imediata dos jovens.