Agnaldo Timóteo passará por nova tomografia após sofrer infecção


© Divulgação


Agnaldo Timóteo continua internado no Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, na Bahia. O famoso passará por uma nova tomografia, nesta terça-feira (4).





VOCÊ VIU?  Gabi Costa, atriz de “Órfãos da Terra”, morre aos 33 anos

Flora Diegues morre aos 34 anos

Túlio exibe fotos de Fátima Bernardes de biquíni: “Toda paixão recomeça”

Paulo Vilhena passa por novo procedimento de implante capilar

“Está evoluindo com persistência do quadro infeccioso, apesar da ampliação do tratamento com potentes antibióticos”, destacou uma nota divulgada pelos médicos.

O veterano, de 82 anos, também está em estado de delírio. “A idade avançada e patologias associadas podem justificar a fragilidade imunológica e recorrência da infecção”, acrescentou.

Agnaldo, para quem não sabe, foi internado no dia 20 do mês de maio. Ele teve um acidente vascular cerebral e foi socorrido às pressas. Por enquanto, segue sem previsão de alta.



  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”