Agnaldo Timóteo segue internado em UTI e respira por aparelhos


© Divulgação


Após mais de um mês internado, o estado de saúde de Agnaldo Timóteo ainda é delicado. O cantor respira por aparelhos, e segue internado na Unidade de Tratamento Intensiva do Hospital das Clínicas, em São Paulo.





VOCÊ VIU? Cirurgias plásticas podem ter ‘ajudado’ gravidez de Marília Mendonça

Ludmilla imita Rihanna e fãs não esquecem: “Atualização do meme”

Bruna Marquezine reclama de fã ‘invasiva’: “Pede, por favor”

Filho de Luciano Huck está estável após afundamento de crânio

“Timóteo permanece respirando por aparelhos, porém está interagindo com todos. A estrutura, equipe de profissionais e equipamentos existentes no hospital são similares àquelas encontradas em grandes centros de saúde do mundo. Saio daqui com a certeza que ele está tendo um atendimento de qualidade extrema”, explicou o médico à revista “Quem”.

Vale lembrar que o artista foi levado ao centro médico depois de apresentar um quadro de pressão arterial alta. Antes de ser hospitalizado na capital paulista, o famoso chegou a ser levado a uma Unidade de Pronto Atendimento de Barreiras, na Bahia, e posteriormente ao Hospital Geral Roberto Santos, também na capital baiana.

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”