Alec Baldwin faz curso de controle da raiva por motivo inusitado




Alec Baldwin concordou, na última quarta-feira (23), em participar de um curso de controle de raiva por um motivo bastante inusitado. Em novembro de 2018, o ator foi acusado de socar uma pessoa na barriga por uma briga por vaga de estacionamento.





VOCÊ VIU? William Bonner ‘perde’ atenção no “JN” por motivo inusitado

Apresentador anuncia saída da GloboNews após 22 anos

Claudia Raia relembra filme erótico: “Tenho orgulho”

“BBB 19”: Eliminado por acusações de assédio, Vanderson desabafa

De acordo com o “The Sun”, o famoso se considerou culpado pelas acusações e aceitou ser incluído em uma espécie de terapia para acalmar os ânimos, além de ter que pagar uma multa de R$ 454 para a vítima.

O ator do “Saturday Night Live”, da NBC, ainda precisará retornar ao tribunal de Manhattan, em Nova York, nos Estados Unidos, no dia 27 de março, para comprovar a sua melhora e a conclusão do curso.

Na época da confusão, que aconteceu em 2 de novembro do ano passado, Alec negou veemente sua autoria no crime através do Twitter. “Normalmente, eu não comentaria sobre algo tão flagrantemente mal contado como a história de hoje. Entretanto, a alegação de que eu soquei alguém devido a uma vaga de estacionamento é falsa. Quero deixar isso registrado.”