Alexandre Frota detona Letícia Sabatella: “É safada!”


  • © Divulgação/Gshow
  • © Facebook
  • © AgNews
  • © Facebook
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © TV Globo
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews


Alexandre Frota voltou a causar polêmica. O ator resolveu se manifestar a respeito do caso de Letícia Sabatella – que foi agredida por manifestantes anti-Dilma em Curitiba -, gravou um vídeo em que aparece detonando a atriz.





VOCÊ VIU? Monica Iozzi critica intolerância e defende Sabatella

Líder do “Movimento Contra a Corrupção” (MCC), o famoso xingou a artista, afirmou que Letícia é amiga pessoal da presidente afastada, Dilma Rousseff, e disse não temer ser processado por ela.

“Queria falar da safadeza da atriz Letícia Sabatella, uma das maiores beneficiárias das leis de incentivo, da tal Lei Rouanet, amiga pessoal de Dilma [Rousseff, presidente do Brasil afastada]. Essa safada que foi em Roma pedir ao Papa a intervenção das questões políticas daqui. É safada mesmo, pode me processar. Letícia Sabatella não tem vergonha na cara, foi às ruas de Curitiba com a cara pintada de verde e amarelo. Você deveria ter vergonha de ter feito isso. E, obviamente, o povo não deixou essa safadeza dessa branquela azeda que ainda deveria estar com a cara pintada de vermelho com a estrela do PT na testa, não com as cores do Brasil”, disparou.

Frota ainda afirmou que Sabatella foi hostilizada durante manifestação no Paraná porque foi até o local provocar a oposição.



“Você deveria ter vergonha na cara de ter feito isso. Então, ela sai às ruas para provocar. Você queria era arrumar uma confusão para poder se vitimizar diante de todas essas questões que são colocadas atualmente na sociedade quando se manifesta para um único caminho. Vem aqui meu repúdio a esse ato vagabundo da Letícia Sabatella”, concluiu.



Em tempo: Letícia Sabatella compareceu ao 1º Distrito da Polícia Civil em Curitiba, para registrar boletim de ocorrência, a respeito dos ataques que recebeu por parte de manifestantes favoráveis ao impeachment de Dilma Rousseff, na Praça Santos Andrade, no Centro da cidade paranaense. “Foi feito o registro de ocorrência na Polícia Civil indicando os fatos, noticiando as agressões, e hoje estamos buscando a identificação dos agressores. A partir do momento em que eles forem identificados, a Letícia terá seis meses para entrar com uma notificação judicial”, disse Nasser Ahmad Allan, advogado da atriz, ao “Ego”.