Amaury Jr. sonha em entrevistar Marisa Monte e critica presença VIP: “Acho uma mer#@”


© Divulgação


Há mais de 30 anos trabalhando como colunista social na TV, Amaury Jr. tem passado sufoco para ter material para seu programa diário por causa da crise financeira que afeta o Brasil. Outra dor de cabeça para o apresentador é a recente mania dos artistas de cobrarem cachê para irem à festas e eventos.

“Até parece que eles não gostam de se divertir, não é? Ou eles foram contaminados com o truque de marketing que diz que os artistas tem que cobrar. Eu acho isso uma merda! As pessoas não saem mais para prestigiar as outras, não vão”, reclamou.

Famoso por seu programa voltado para a classe AA, o veterano afirmou não ter nenhum preconceito contra os emergentes. Contudo, o apresentador ressaltou que essa classe costuma errar feio na hora de promover grandes recepções.

“Eu não tenho nada contra os novos ricos. pobre. Tem rico que ganha seu dinheiro licitamente e faz as coisas direito, mas a maioria dos ricos que acabou de ganhar muita grana e partiu para fazer grandes festas, erra muito! Quase sempre fica over. Não tem bom gosto, não sabe receber, não sabe fazer nada… Mas também tem rico de berço que é pior do que o novo rico”, disse em entrevista ao jornal “O Dia”.

Querido por todo o show business brasileiro, o veterano sonha em entrevistar Marisa Monte: “Ela é o João Gilberto de saia. Já cheguei perto, mas não consegui. Sou o maior fã dela”.

O apresentador também assumiu que iniciou um tratamento com célula de carneiro, em uma clínica na Suiça, para rejuvenescer, mas não completou o ciclo por causa do valor da sessão do podersoso antioxidante.

“Tem que ser tomado a cada dois anos e eu não tomei mais. Com US$ 20 mil eu compro um carro”, afirmou.



Close sidebar