Ana Hickmann embarca para São Paulo após prestar depoimento sobre atentado


  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram


Ana Hickmann prestou depoimento no 22º Batalhão da Polícia Militar de Belo Horizonte sobre a tentativa de homicídio da qual foi vítima neste sábado (21).





Segundo o “Ego”, a apresentadora da Record chegou à delegacia por volta das 18h57 e confirmou que seu cunhado, Gustavo Henrique, matou Rodrigo Augusto de Pádua em legítima defesa.

A loira confirmou a versão divulgada pelo “Cidade Alerta”, da Record. O irmão de Alexandre Correa foi abordado pelo sequestrador no hall do hotel Caesar Business por Rodrigo Augusto de Pádua. O invasor o obrigou a levá-lo até o quarto da ex-modelo.

A dupla foi feito refém ao lado de Giovana Oliveira, assessora da gaúcha, e a artista foi ofendida e ameaçada pelo bandido.



Em um determinado momento, o bandido se alterou e fez dois disparos que acertaram Giovana: no braço e no tórax. Em seguida, o cunhado da loira partiu para cima de Rodrigo e, após uma luta corporal, novos disparos foram feitos e o invasor acabou atingido. Desesperado, Rodrigo desceu até a recepção, entregou a arma e chamou a polícia.



Procurada pelo Famosidades, a assessoria de Ana Hickmann limitou-se a informar que a estrela da Record ficou muito assustada com o caso. “O que posso te dizer é que a Ana está bem. O resto não posso falar. Provavelmente vamos soltar um comunicado”, avisou.