“Antes só que mal acompanhada”, desabafa Daniela Escobar


© Instagram


No ar somente em reprises de novelas na TV, a atriz Daniela Escobar contou como tem sido a vida nos Estados Unidos. Ela está sozinha por lá, desde quando o filho, André Matarazzo, veio ao Brasil para fazer a novela Malhação.





VOCÊ VIU? Filha de Will Smith compra mansão de R$ 16 mi em Malibu

“Sabores Extremos com Gordon Ramsay” estreia 2ª temporada

Astro de “Harry Potter” lucra R$ 414 mil por semana com imóveis

Veja como está o elenco de “Laços de Família” atualmente

“Não aconteceu de encontrar uma pessoa. Não sei dizer se felizmente ou infelizmente. A última tentativa não foi boa, não deixou boas recordações. Eu estou aberta, mas meus amigos dizem que escolho demais, sou muito exigente. Mas eu não sou. Tenho boa autoestima, me amo e me respeito. Antes só que mal acompanhada”, disse ela para a colunista Patrícia Kogut, do jornal “O Globo”.

Aos 51 anos de idade, Daniela contou que não troca a paz conquistada por nada.

“Se não estou bem e feliz, me retiro com educação e sigo meu caminho. Vim ao mundo para ser feliz, gosto de estar em paz. Não sinto solidão. Tenho livros para ler, amigos maravilhosos e dois gatos que não me dão um minuto de sossego. Sem tempo para babaquice na vida, para me jogar numa relação que não seja complementar. Não tenho um buraco e fico esperando alguém preenchê-lo. Se pintar alguém no caminho para somar, que essa pessoa possua os mesmos valores que eu. Essa coisa de “os opostos se atraem” eu já experimentei e vi que não é verdade”, afirmou.