Aos 81 anos, Bill Cosby é condenado por agressões sexuais


© Divulgação


Bill Cosby foi condenado a uma pena de 3 a 10 anos de prisão, nesta terça-feira (25), por agressões sexuais. O ator deixou o Tribunal do Condado de Montgomery, na Pensilvânia, Estados Unidos, algemado.

VOCÊ VIU? Casado, Erick Jacquin é flagrado com outra mulher em balada

“Tive um caso com Bolsonaro”, diz Rita Lee na web

Antes de estrear, Stepan Nercessian é demitido da Band

Patrícia Pillar nega ter sofrido agressão de Ciro Gomes

O juiz Steven O’Neill foi o responsável por anunciar a sentença. A autoridade ainda decidiu que incluirá o nome do humorista em uma lista de criminosos sexuais.

O veterano era acusado de drogar e abusar sexualmente Andrea Constand, ex-funcionária da universidade onde ele estudou. O crime aconteceu há 14 anos, na casa do famoso.

Os advogados de defesa devem recorrer, argumentando a idade avançada do acusado – 81 anos – e o fato de ele estar quase cego. Cosby ainda terá que participar de reuniões de aconselhamento para o resto da vida.

“Eles perseguiram Jesus e olha o que aconteceu. Não estou dizendo que Sr. Cosby seja Jesus, mas sabemos o que este país tem feito aos negros há séculos”, disse Andrew Wyatt, porta-voz de Bill, segundo o “G1”.

Vale lembrar que o artista já havia sido considerado culpado em abril deste ano. Além de Andrea, mais de 60 mulheres o acusam de abusos sexuais – casos ocorridos entre 1960 e 2000.

Calçada da Fama

A Câmara de Comércio de Hollywood decidiu que não removerá a estrela de Bill Cosby na Calçada da Fama, mesmo após a acusação do ator e sua condenação à prisão no caso de agressão sexual contra Andrea Constand.

“Uma vez instaladas, as estrelas se tornam parte da estrutura da Calçada da Fama, que é reconhecidamente um ponto turístico histórico e são permanentes”, afirmou a organização em comunicado divulgado nesta terça-feira (25).

A estrela com o nome do famoso tem sido alvo de vandalismo desde que as acusações contra ele ganharam espaço na mídia. Uma petição, inclusive, foi criada para a remoção da homenagem.

Primeira foto de Bill Cosby condenado foi divulgada pela polícia da Pensilvânia, Estados Unidos


Close sidebar