Após 2 anos do AVC, Arlindo Cruz consegue se alimentar sozinho


© Instagram


Arlindo Cruz está cada vez melhor em seu tratamento. Pelo Instagram, nesta sexta-feira (26), o filho do sambista compartilhou com os fãs que o pai conseguiu se alimentar sozinho.





VOCÊ VIU? Belo pede perdão a Viviane Araújo: “Sempre esteve ao meu lado”

Gissoni e Medina são detonados após comentarem foto de blogueira

Gimenez senta em poltrona ao lado da atual de seu ex-marido em avião

Paolla Oliveira chega com ex de Luana Piovani à festa de Ludmilla

“Não subestime um filho de Xangô a recompor a vida”, escreveu o rapaz.



E ainda mandou um recado a quem dúvida da recuperação do veterano. “O próximo filho da mãe que falar que ele está vegetando e não entende, nem se expressa, sei lá o que faço, hein?! Vamos continuar na corrente do bem. Meu pai está vivo e a cada dia melhor”, completou.

O famoso, vale lembrar, sofreu um acidente vascular cerebral em março de 2017.

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa