Após candidata da Colômbia ser destronada, misses latinas se unem contra vencedora do Miss Universo


  • © Divulgação/ Site oficial Miss Universo
  • © Twitter
  • © Divulgação/ Site oficial Miss Universo
  • © Divulgação/ Site oficial Miss Universo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Divulgação/Site oficial Miss Universo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © TNT


A polêmica envolvendo o resultado do concurso Miss Universo 2015 está longe de acabar. Isso porque algumas candidatas do concurso se uniram contra a ganhadora, Pia Wurtzbach, das Filipinas.

Após o apresentador da final da competição, Steve Harvey, errar ao anunciar como vencedora Ariadna Gutiérrez, da Colômbia, e destrona-la instantes depois, as misses de Porto Rico, Costa Rica, México e de outros países latinos teriam gritado nos bastidores que Pia não merecia a coroa.

Veja também:

Erro no anúncio da vencedora do Miss Universo 2015 ganha memes na internet; confira!

Miss Colômbia comenta erro em coroação do Miss Universo: “Tudo acontece por algum motivo”

Segundo o site “TMZ”, várias modelos esnobaram a vencedora deixando de cumprimentá-la pela vitória. Fontes da publicação contaram, inclusive, que já havia uma competição forte entre a Miss Colômbia e a Miss Filipinas, o que fez com que o título subisse à cabeça das duas.

Entenda o caso

Na noite do último domingo (20), durante a final do Miss Universo 2015 em Las Vegas, nos Estados Unidos, Steve Harvey anunciou a Miss Colômbia Ariadna Gutiérrez como a grande vencedora. Ela chegou a receber a coroa e a desfilar com a faixa de Miss Universo.

Entretanto, o apresentador se corrigiu e disse que, na verdade, a Miss Universo era Pia Alonzo Wurtzbach, representante das Filipinas. Ariadna Gutiérrez teve que devolver a faixa e a coroa para a verdadeira campeã.

Paulina Vega, a Miss Universo 2014 e prima de Ariadna, foi quem teve essa difícil missão.



Close sidebar