• © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Youtube
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Band
  • © Divulgação/SBT
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram

Após dar à luz, Fontenelle diz: “Sem medo de embarangar”

Um mês após dar à luz Salvatore, seu filho com Jonathan Costa, Antonia Fontenelle revelou que já perdeu os 6kg que ganhou durante a gravidez. A atriz, no entanto, disse que não se preocupou em demorar a voltar à boa forma.

VOCÊ VIU? Antonia Fontenelle posa de topless e bebendo cerveja preta

“Não fiquei preocupada se iria ou não voltar logo ao corpo que tinha antes porque acho que o corpo da gente é memória de tudo que você já fez. Nunca fui de comer bobagem, usar drogas, beber exageradamente. Não sou muito da noite e eu fiquei até os 17 anos comendo comida natural no Sertão, sem agrotóxicos. […] Acho que tudo isso conta, então nunca fiquei com medo de embarangar. E também, se desse esse azar de embarangar com 42 anos, aí ferrou. Porque não ia conseguir voltar mais…”, disse ao “Ego”.

A loira, inclusive, confessou que se libertou quando soube que estava grávida. “Nos primeiros meses comia que nem um bicho. Eu não enjoei em momento nenhum, então comia de tudo. Voltei até a comer rabada, coisa que não comia há muito tempo. Ou seja, fiz tudo que um ser humano normal faria.”

Com 57,5kg, a apresentadora garantiu que não tem pressa em retomar os exercícios e só pensa no herdeiro.

“Só depois de 45 dias do parto que vou poder malhar e rever a alimentação. Até faço uma certa dieta porque não posso envenenar o leite para não dar gazes no bebê, mas, por exemplo, ontem me deu vontade de comer rabada e comi. Isso não vou mais fazer porque agora acabou essa brincadeira. Voltei a comer arroz integral, porque eu amo arroz branco e estava me permitindo, então já fiz essa troca. Na verdade, estou fazendo aos poucos algumas adaptações. Nunca fiz nada punk em matéria de dieta”, justificou.




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE