Após entrevista da ex sobre traição, Ben Affleck nega mal-estar: “Ela pode falar”


© Divulgação


Ben Affleck finalmente quebrou o silêncio em torno de seu divórcio com Jennifer Garner. Discreto e reservado, o ator comentou a entrevista dada pela ex, em que a atriz confirmou que o bonitão teve um caso com a babá dos filhos do casal.





Veja Também:

Ben Affleck e Jennifer são flagrados em restaurante sem os filhos

O diretor aproveitou para negar que tenha ficado furioso com as declarações publicadas pela revista “Vanity Fair”. “Ela sentiu que queria falar, tirar isso do caminho e superar. Para, então, finalmente dizer: ‘Olhe, eu já falei disso, nao falarei mais’. Tudo bem. Ela tem permissão para falar disso”, disse ao jornal “The News York Times”.

O astro de Hollywood destacou ainda que evitou se pronunciar acerca do assunto para preservar os herdeiros e porque não queria correr o risco de ser mal interpretado pela mídia.



Affleck ressaltou ainda que mantém uma relação cordial com Jennifer: “Jen é ótima. Uma ótima pessoa. Nós estamos muito bem. Eu a vi esta manhã, esta é a nossa realidade”.



Jennifer desmentiu boatos de traição

Jennifer aceitou ser entrevistada pela “Vanity Fair” para esclarecer os boatos a respeito do término de sua união. A morena confirmou que o marido teve um affair com a babá Christine Ouzounian, mas ressaltou que não foi traída pelo gato porque a dupla já estava separada quando Affleck se envolveu com a funcionária.

“Deixe-me explicar. Nós estávamos separados há meses quando ouvi falar dessa história com a babá. Ela não teve nada a ver com a decisão do divórcio. Não era parte da equação. Foi uma má escolha? Sim. Não é legal para as crianças ver sua babá desaparecer de uma hora para outra. Tive que explicar para as crianças o que é um escândalo depois que ela sumiu de nossas vidas”, relatou.