Após relatório da OMS, Bela Gil defende bacon artesanal


© GNT/Divulgação


Bela Gil saiu em defesa do bacon artesanal nas redes sociais, nesta segunda-feira (26). Tudo aconteceu após a divulgação de um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) que dizia que a carne processada pode causar câncer.





Em seu Instagram, a apresentadora esclareceu a diferença entre bacon originário de um porco criado livremente e o animal confinado e alimentado com ração industrial.

“Uma coisa é um bacon artesanal de porco de quintal, rico em vitamina D e antioxidantes, defumado lentamente. Outra coisa é um bacon de porco que come ração, passa pelo processo industrial com nitratos e nitridos adicionados, fumaça líquida, e glutamato monossódico. E, independente da fonte, moderação e autoconhecimento é a chave para a boa saúde. Comida de verdade sempre!”, escreveu na rede social.

Segundo o estudo, o consumo de presunto, salsicha, carne defumada e bacon aumentaria o risco de câncer no intestino.