Após revelar que está com câncer, Jéssica Lopes diz ter feridas no colo do útero há anos


  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © AgNews
  • © TV Globo


Após dar a notícia de que está com câncer de útero, na última quinta-feira (24), Jéssica Lopes, a Peladona de Congonhas, explicou que sua doença nada tem a ver com o Human Papiloma Virus, o HPV, que está 100% relacionado ao surgimento da enfermidade.





Veja também:

Jéssica Lopes revela que está com câncer no colo do útero: “Medo”

Ana Maria Braga revela que retirou tumor maligno do pulmão e admite: “Me maltratei muito. É o preço que pago”

A modelo contou que já vinha apresentando sintomas de que algo não ia bem em seu organismo há dois anos, quando foi diagnosticada com uma ferida no colo do útero. Inclusive, ela precisou fazer uma cauterização para amenizar os sangramentos, mas não foi o suficiente.

“Tive outras feridas depois e outras cauterizações no útero. O médico disse que essas feridas são sinais de pré-cânceres. É preciso fazer um acompanhamento constante e eu me descuidei. Não fiz o último preventivo na data que tinha que ser feito e quando descobri, já estava com o câncer no colo. Tive que fazer uma biopsia”, contou ao “Ego”.



Com a cirurgia pré-agendada para o fim de dezembro ou início de janeiro, Jéssica cogita fazer o procedimento com uma equipe de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, onde mora, ou em Juiz de Fora, Minas Gerais.



“Me tornei uma estudiosa no assunto. A equipe do Sul quer fazer um tipo de cirurgia, poupando uma parte do útero. A de Minas quer uma técnica mais radical, retirando todo ele, para não haver a possibilidade de a doença voltar. Essa última me tranquiliza mais”, afirmou.