Assassino do ator de “Chiquititas” tem 4 passagens pela polícia


© SBT


Paulo Cupertino continua como fugitivo da Polícia Militar de São Paulo. O homem matou a tiros Rafael Miguel e os pais do ator, no último domingo (9), em um bairro da Zona Sul da capital.

VOCÊ VIU? Namorada sobre morte de Rafael Miguel: “Só queríamos ser livres”

Xuxa revela ter sido assediada por diretor da Globo: “Quatro vezes”

Internautas vibram com notícia sobre episódio do “MasterChef”

Mauro Naves pode ser demitido após vazamento de conversa do caso Ney

Segundo o “Uol”, o foragido já possui outras quatro passagens na Justiça.

Dentre elas, roubo a banco, furto, lesão corporal, ameaça e ocorrência de fuga. Vizinhos do comerciante também confirmaram o comportamento agressivo dele, que tinha um ciúme possessivo da filha, que era namorada do famoso.

Na ocasião, o rapaz havia ido acompanhado da mãe, Miriam Selma, e do pai, João Alcisio, falar sobre o relacionamento com os parentes de Isabela Tibcherani. Foi, então, que aconteceu a fatalidade. Logo em seguida, Paulo fugiu do local.

Rafael Miguel, vale lembrar, ficou conhecido pelo papel de Paçoca em “Chiquititas”, do SBT.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.

  • © Instagram

    Rafael Miguel, de apenas 22 anos, foi à casa da namorada, Isabela Tibcherani, acompanhado dos pais, no dia 9 de junho e os três foram mortos a tiros no local. O principal suspeito da autoria do assassinato é o pai da jovem, que está foragido. Ainda não há confirmação sobre o que motivou o criminoso.



Close sidebar