Atriz de “Star Wars” faz desabafo sobre assédio e racismo


  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram


Kelly Marie Tran divulgou um texto revelador a respeito de alguns assuntos polêmicos do meio artístico. Sem papas na língua, a famosa abriu o jogo e falou sobre o racismo e o assédio que sofreu ao longo dos anos na carreira.

VOCÊ VIU? Ken Humano polemiza com pênis de participante do “Big Brother”

Ximbinha enfrenta crise no casamento após traição, diz colunista

Kris Jenner faz genros assinarem contrato de confidencialidade

Fãs de Mara Maravilha se voltam contra Lívia Andrade e Leo Dias

“Suas palavras pareceram confirmar o que crescer como uma mulher e uma pessoa de cor já tinham me ensinado, que eu pertencia às margens, válida apenas como um personagem menor em suas vidas e histórias”, disparou em um editorial do jornal “The New York Times”.

Apesar de ter nascido nos Estados Unidos, os pais da profissional são do Vietnã. Por causa disso, ela afirmou que já enfrentou muito preconceito. “Essas palavras despertaram algo muito profundo dentro de mim, um sentimento que eu achava que tinha superado”, continuou.

Por fim, a moça ainda deixou um recado aos leitores: “Quero viver em um mundo onde as pessoas de todas as raças, religiões, classes econômicas, orientações sexuais, identidades de gênero e habilidades sejam vistas como sempre foram, como seres humanos”.

Kelly Marie Tran, vale lembrar, ganhou destaque no filme “Star Wars: O Último Jedi”. Incomodada com tanto assédio após a fama, ela chegou a deletar seus perfis nas redes sociais.



Close sidebar