BBC é novamente acusada de racismo por paródia de Meghan Markle


© Instagram


A BBC foi acusada de racismo por uma paródia de Meghan Markle, exibida no último fim de semana, no “Tonight with Vladimir Putin”. Nas redes sociais, internautas detonaram a emissora por ter criado um avatar em 3D, em que a duquesa aparecia com a pele mais escura que o normal.





VOCÊ VIU? Cirurgias plásticas podem ter ‘ajudado’ gravidez de Marília Mendonça

Ludmilla imita Rihanna e fãs não esquecem: “Atualização do meme”

Bruna Marquezine reclama de fã ‘invasiva’: “Pede, por favor”

Filho de Luciano Huck está estável após afundamento de crânio

Além disso, alguns telespectadores ficaram indignados com o fato de a personagem criada pelo programa ter feito gestos considerados inadequados, e comportamento arrogante.

Usuários do Twitter escreveram mensagens pedindo a retirada da atração do ar.

Gbemisola Ikunelo, a atriz e comediante responsável pela paródia, explicou que a ideia era fazer humor a partir do ridículo “que representa os boatos em torno da esposa do príncipe Harry’, pois “qualquer pessoa que a conheça”, sabe que sua atitude é totalmente contraria, “sempre amável e sorrindo”.



Vale lembrar que cerca de um mês atrás, a BBB já havia se envolvido em uma situação parecida, quando o jornalista Dany Baker publicou uma mensagem sobre o nascimento de Archie, filho de Meghan, em que utilizava um chimpanzé para ilustrar a notícia. Na ocasião, o apresentador foi demitido do canal.



  • © Instagram

    O nome ‘verdadeiro’ da duquesa de Sussex é Rachel Meghan Markle

  • © Instagram

    Aliás, Rachel também era o nome de sua personagem na série “Suits”

  • © Instagram

    Antes de ficar famosa em “Suits”, Meghan era assistente de palco do programa “Deal or No Deal”, que no Brasil foi batizado de “Topa ou Não Topa” – exibido pelo SBT em 2006

  • © Instagram
  • © Instagram

    O pai de Meghan Markle – que causou polêmica ao fechar acordo com paparazzi e não comparecer ao casamento da filha – era diretor de iluminação e fotografia na série de sucesso “Um Amor de Família” (1987)

  • © Instagram

    Meghan fazia o estilo blogueira de moda e alimentava seu site com conteúdos relacionados a moda, viagem e beleza. O blog “The Tig” está fora do ar desde o começo de 2017

  • © Instagram

    Meghan Markle deixou a série “Suits” após a sétima temporada, quando sua personagem se casou. Coincidência ou não, ela deu adeus ao projeto justamente porque iria subir ao altar com o príncipe Harry

  • © Instagram

    Após o casamento real, Meghan Markle recebeu o título de duquesa de Sussex

  • © Instagram

    A ex-atriz já revelou ter testemunhado sua mãe, Doria Radlan, ser vítima de racismo diversas vezes. Inclusive, a senhora já foi chamada de babá da própria filha por estranhos

  • © Instagram

    Meghan Markle já foi casada. A bela estava envolvida com Trevor Engelson em 2004 e os dois decidiram subir ao altar. Contudo, a relação chegou ao fim em 2013

  • © Instagram

    Antes de se consolidar na carreira de atriz, Meghan costumava fazer trabalhos artísticos para ganhar dinheiro, aproveitando seu talento com caligrafia

  • © Instagram

    Meghan Markle é Defensora das Mulheres na ONU, além de embaixadora global da ONG World Vision Canada

  • © Instagram

    Aos 11 anos, a beldade escreveu uma carta à ex-primeira-dama dos Estados Unidos Hillary Clinton, questionando uma propaganda de detergentes considerada sexista. A repercussão foi tanta, que a empresa mudou o slogan da campanha

  • © Instagram

    Meghan Markle tem dois irmãos, por parte de pai, e não se dá bem com eles. Inclusive, Thomas Markle Jr. e Samantha Grant costumam falar mal da duquesa publicamente

  • © Instagram

    Por causa de seu casamento com um membro da família real britânica, Meghan precisou deixar a carreira de atriz e agora se dedica apenas às causas humanitárias

  • © Instagram

    Aliás, por causa do compromisso, Meghan Markle também precisou desativar todas as suas contas em redes sociais – nenhum membro da realeza britânica tem perfil individual em redes como Facebook ou Instagram

  • © Instagram

    Apesar de ter nascido nos Estados Unidos, Meghan viveu por anos em Toronto, no Canadá, por causa das gravações da série “Suits”

  • © Instagram

    Meghan Markle começou a ser atacada na web após rumores de romance com Harry terem surgido, em meados de 2016. A realeza britânica confirmou o romance e pediu para que a atriz fosse respeitada

  • © Instagram

    Meghan e Harry chegaram à recepção do casamento em um Jaguar azul feito em 1968, transformado para funcionar com eletricidade e não emitir gases poluentes

  • © Instagram

    O vestido de noiva de Meghan Markle foi desenhado por Clare Waight Keller, inglesa que se tornou a primeira mulher a dirigir a grife Givenchy

  • © Instagram

    Ainda em seu casamento, Meghan usou uma tiara de diamantes da rainha Mary, avó de Elizabeth II

  • © Instagram

    Caso tenha filhos, Meghan provavelmente não dê seu sobrenome a eles. Segundo a tradição da família real britânica, as crianças devem ser conhecidas pelo ducado de Sussex, assim como os pais

  • © Instagram

    Agora que faz parte da realeza britânica, Meghan Markle não pode demonstrar carinho por Harry publicamente. Eles não podem caminhar lado a lado ou trocar beijos fora de casa

  • © Instagram
  • © Instagram

    Por causa das desavenças com o pai, Meghan Markle subiu o altar acompanhada do sogro, príncipe Charles

  • © Instagram

    O anel de noivado de Meghan Markle contém três diamantes e dois deles eram da princesa Diana, mãe de Harry

  • © Instagram

    Para se tornar membro da família real, Markle precisou fazer aulas de etiqueta

  • © Instagram

    O véu da noiva tinha nada menos do que cinco metros, feito de tule de seda com flores bordadas à mão em fios de seda e organza

  • © Instagram

    Meghan é considerada uma marca na história do Reino Unido, já que se uniu à família real mesmo sendo divorciada e estrangeira

  • © Instagram

    Meghan Markle se considera birracial, o que a torna a primeira pessoa negra ou mestiça a fazer parte da realeza britânica

  • © Instagram

    Quando se mudou para a Inglaterra, Meghan precisou deixar um de seus cachorros nos Estados Unidos. Bogart, um labrador resgatado há alguns anos, ficará com amigos da ex-atriz, já que não tem condições de saúde para viajar

  • © Instagram

    Meghan e Harry se casaram na igreja do Castelo de Windsor

  • © Instagram

    Antes do casamento, Meghan foi batizada na Igreja Anglicana, seguida pela realeza britânica. A imprensa do Reino Unido indicou que foi um gesto em consideração à Rainha, já que não seria necessário para o casamento

  • © Instagram

    Meghan e Harry receberam inúmeros presentes, mas a noiva não abriu nenhum. Seguindo o protocolo real, eles devolveram cerca de R$ 35 milhões em lembrancinhas recebidas de estranhos (por segurança e para evitar propaganda indesejada)

  • © Instagram

    Meghan conheceu Harry por meio de uma amiga que eles têm em comum. Há quem diga que Michelle Obama tenha sido o cupido dos pombinhos

  • © Instagram

    O casal pediu como presente de casamento doações a instituições de caridade

  • © Instagram

    Em 2018, Meghan celebrará seu primeiro aniversário já como parte da família real britânica

  • © Instagram

    Meghan passará seu aniversário no casamento de Charlie Van Sttraubenzee, melhor amigo de Harry