Bobbi Kristina foi tratada por falsa enfermeira durante coma, diz site


© Instagram


Uma das moças que cuidavam de Bobbi Kristina Brown em seus últimos dias de vida foi presa na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, por falsidade ideológica. O motivo? A mulher se passava por enfermeira sem ser habilitada, de fato, para a função.





De acordo com o “TMZ”, Taiwo Sobamowo foi acusada de roubo de identidade e falsificação após usar o RG de uma profissional com o nome parecido ao seu para conseguir entrar no hospital onde a filha de Whitney Houston estava internada.

A moça também é suspeita de já ter cometido o mesmo crime em Washington.

Bobbi morreu no dia 26 de julho, aos 22 anos, depois de passar mais de cinco meses internada. A jovem foi a óbito depois que sua família decidiu suspender a medicação que a mantinha viva.