Casa de Domingos Montagner em SP vai abrigar centro cultural


© Divulgação


A casa em que Domingos Montagner nasceu e viveu no bairro do Tatuapé, na zona leste de São Paulo, será transformada em um projeto social. O imóvel passará a abrigar, a partir do próximo domingo (29), um centro de cultura e educação.

VOCÊ VIU? Confinada em “A Fazenda”, Andréa Nóbrega tem contas bloqueadas

Climão? William Waack voltará a gravar com Cris Dias

Anitta vive ‘affair’ com dançarina que já se relacionou com Scooby

Gabigol curte festa com Anitta após ‘briga’ com Rafaella Santos

A iniciativa foi tomada por Luciana Lima, viúva do artista, que pretende que o local atenda jovens da região em situação de vulnerabilidade social.

Batizado de Casa Domingos Montagner – Cultura & Educação, o espaço promoverá cursos, exposições, espetáculos e oportunidades educativas por meio do Circo e do Teatro, para jovens de 13 a 24 anos.

O artista, vale lembrar, morreu afogado há três anos em uma tragédia que comoveu o Brasil.

  • Domingos Montagner © Artur Meninea/Divulgação/TV Globo

    Domingos Montagner era paulistano, nascido no bairro do Tatuapé, na zona leste de São Paulo, em 26 de fevereiro de 1962

  • Domingos Montagner © Divulgação/TV Globo

    Formado em Educação Física, Teatro e Artes Circenses, o artista começou a trabalhar em 1989 no Circo Escola Picadeiro

  • Domingos Montagner © Divulgação/TV Globo

    Apesar disso, tornar-se palhaço não estava nos planos do galã. No início, Domingos só procurava aprimorar sua desenvoltura como professor. Porém, se encantou com o mundo circense e não conseguiu mais sair

  • Luciana Lima e Domingos Montagner © AgNews

    Domingos Montagner era casado desde 2001 com Luciana Lima

  • Domingos Montagner © TV Globo

    Domingos deixou três filhos homens: Antônio, Leonardo e Dante

  • Domingos Montagner © Instagram

    Desde 1997, o paulistano está à frente do grupo “LaMínima”. Por essa companhia teatral, o ator criou inúmeros espetáculos e até recebeu o Prêmio Shell de Teatro – São Paulo, como Melhor Ator, e o Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro, de Melhor Elenco

  • Domingos Montagner © Instagram

    Como diretor, Domingos foi um dos fundadores do “Zanni”, projeto criado para incentivar a importância das artes circenses e espetáculos de pequeno porte na cultura das cidades de todo o País

  • Domingos Montagner © TV Globo

    Na televisão, o artista começou fazendo participações na minissérie “Mothern”, em 2008

  • Domingos Montagner © Divulgação/TV Globo

    Fez “Força Tarefa” e “A Cura”, em 2010

  • Domingos Montagner © TV Globo

    Em 2011, atuou em “Divã”

  • Domingos Montagner © TV Globo

    Também em 2011, o artista viveu um dos seus personagens mais marcantes, o Capitão Herculano de “Cordel Encantado”

  • Domingos Montagner © TV Globo

    Em 2012, o ator fez “O Brado Retumbante” e “Gonzaga – de Pai pra Filho”

  • Domingos Montagner © TV Globo

    Em “Salve Jorge” (2012), o ator viveu o galã Zyah

  • Domingos Montagner © TV Globo

    Em 2013, o artista fez a novela “Joia Rara”

  • Domingos Montagner © TV Globo

    Em 2014, em “Sete Vidas”, o bonitão viveu João Miguel

  • Santo (Domingos Montagner) em © Divulgação/TV Globo

    Quando morreu, o ator vivia Santo, um dos protagonistas de “Velho Chico” – trama das 21h da TV Globo