Chamada de “garota de programa”, Xuxa vence processo contra Datena


© Divulgação/RecordTV e Divulgação/Band


Xuxa Meneghel venceu a ação movida contra José Luiz Datena após ter sido chamada de “garota de programa” pelo apresentador. O jornalista da Band terá de desembolsar R$ 50 mil em indenização para a loira.

LEIA TAMBÉM: Polícia acredita que MC Kevin caiu ao confundir varanda; entenda

Ana Maria leva dublê para estúdio e engana equipe do “Mais Você”

Ex de Gabriela Pugliesi, Erasmo Viana engata novo romance

Influenciadora toma ‘café de ouro’ de R$ 250

De acordo com o “Uol”, a decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e ainda cabe recurso.

A confusão entre a dupla teve início quando a eterna Rainha dos Baixinhos criticou uma declaração de Joel Datena, filho do âncora do “Brasil Urgente”, após o também apresentador defender uma punição física a um garoto que dirigiu o carro dos pais sem autorização, ao exibir matéria sobre o caso.

Xuxa não gostou nada da sugestão de Joel e desabafou: “Como uma pessoa que deveria passar informação é tão desinformada? Uma criança não deve ser corrigida com porrada. É fato. É lei”.

Irritado, Datena, então, resolveu sair em defesa do herdeiro: “Olha, para dizer a verdade, uma das poucas vezes em que eu quis dar umas palmadas no meu filho Joel [e foram bem poucas], é quando ele assistia àquela garota de programa, infantil, que cresceu e continua infantil. E, além disso, imbecil”.

Durante a audiência, os advogados do veterano tentaram justificar que ele usou a expressão “garota de programa” porque Xuxa, de fato, comandava programas de TV. Entretanto, o juiz do caso não aceitou a ‘desculpa’.






Close sidebar