Claudia Ohana explica sobre a devolução de cães adotados


© Instagram


Claudia Ohana resolveu quebrar o silêncio e usou suas redes sociais para explicar a devolução dos cachorros adotados. A atriz de 57 anos revelou que foi um período difícil com a chegada da pandemia e devolveu os cães por não conseguir conciliar sua saúde com os cuidados dos animais.





VOCÊ VIU? West diz que tenta se divorciar de Kim Kardashian há 2 anos

Demi Lovato defende Kanye: “O que aconteceu com a empatia?”

“A Viagem” ganha nova reprise no canal VIVA

Renata Sorrah comemora reprise de “Vale Tudo” no Globoplay

“Em dezembro de 2019, adotei 2 filhos de 2 meses. Infelizmente, em março, três meses depois do convívio com o Thor e com o Tigrão, a pandemia causada pelo SARS-CoV-2 chegou ao Brasil. Foi quando iniciei o isolamento em minha casa. Trancada em casa, sozinha e sem poder sair na rua pra passear com eles, me encontrei em uma situação muito difícil,” explicou.

“Em função da extensão da propagação da pandemia, diante da necessidade deles enquanto filhotes e das minhas limitações de saúde (comecei a ter crises agudas na minha coluna que comprometeram a minha mobilidade), considerei a opção de devolvê-los”, contou.

“Fui em busca de soluções que, além de garantirem que fossem bem tratados enquanto não estivessem comigo, também permitiriam que eles tivessem espaço para correr e brincar”, disse ela.



A atriz disse que a própria instituição sugeriu tomar conta dos animais durante este momento e lamentou a repercussão negativa do caso.



“Sei que talvez vocês não entendam minha atitude de ter pedido para eles acolherem os meus cachorros durante a pandemia, mas só eu sei o quanto eu me esforcei para dar conta de tudo e o quanto sofri por ter que me afastar deles”, finalizou.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Claudia Ohana (@ohanareal) em