“Deixei o ‘Jornal Nacional’ para buscar a minha essência”, afirma Patrícia Poeta


© TV Globo


Atualmente no “É De Casa”, da TV Globo, Patrícia Poeta relembrou o motivo de ter deixado a bancada do “Jornal Nacional” depois de 3 anos, em outubro de 2014. A jornalista, inclusive, fez questão de negar novamente que sua saída teria sido motivada por uma briga com William Bonner.

Veja também

Em selfie rara, Patrícia Poeta posa com o filho: “Meu grandão”

“Imagina! A minha saída do ‘Jornal Nacional’ foi exatamente por conta desse meu desejo antigo. Eu estava no ‘Fantástico’ há cinco anos e fazia informação com entretenimento que tinha tudo a ver comigo. A Fátima [Bernardes] foi realizar o sonho dela e eu assumi o ‘Jornal Nacional’. Quando completei três anos no ‘JN’, achei que já estava na hora de sair. Foi difícil, mas foi uma decisão de vida. Deixei o ‘Jornal Nacional’ para buscar a minha essência”, disse ao jornal “O Dia”.

A apresentadora afirmou que não gosta de se sentir acomodada. “Ou eu vivia fazendo aquilo que eu já estava fazendo por 3 anos e provavelmente faria por mais 20 anos, ou eu recomeçava do zero, me reinventava e fazia uma coisa que eu sempre tive vontade de fazer. Mas é difícil largar uma coisa que você conquistou. Como explicar isso para as pessoas? Muitos sonham com isso.”

Poeta disse que agora está realizando um sonho por trabalhar com entretenimento na emissora. “Era uma coisa que eu queria fazer há muito tempo. Nunca escondi isso. Meus amigos mais próximos sempre souberam. Cada sábado é uma aventura e cada semana é um aprendizado. É prazeroso trabalhar no programa e diferente porque fiquei 17 anos no jornalismo. 2 anos na Band e 15 anos de Globo.”



Close sidebar