Empresário diz que Nike armou caso de assédio contra Neymar


© Instagram


Empresário de Neymar, Wagner Pedroso Ribeiro usou suas redes sociais, nesta sexta-feira (28), para fazer uma grave acusação contra a Nike. Para o profissional, a empresa armou o caso de assédio sexual contra o jogador de futebol para conseguir encerrar o contrato com o atleta.

LEIA TAMBÉM: Viúva faz ocorrência para descobrir paradeiro da aliança de MC Kevin

Val Marchiori perde recurso e terá de indenizar herdeiros de Mr. Catra

Brad Pitt consegue guarda compartilhada dos filhos na Justiça

A Nike não queria mais o Neymar. A Nike não tinha dinheiro para romper o contrato. A Nike pede para uma garota inventar o assédio sexual de Neymar. Depois de cinco anos, a Nike completa a estratégia e conta a história”, escreveu.

Com a acusação de que o atleta teria assediado sexualmente uma funcionária da empresa, a Nike encerrou o vínculo com o futebolista oito anos antes do fim do contrato. O rompimento ocorreu oficialmente em agosto de 2020. No entanto, na ocasião, não foi revelado o motivo para o fim da parceria.

Segundo o “Wall Street Journal”, o caso ocorreu em 2016, foi levado ao conhecimento da companhia em 2018, mas as investigações foram inconclusivas.

Sobre o fato de ter mantido tudo em sigilo, Hilary Kane, conselheira geral da Nike, justificou que não foi possível falar a respeito do acontecido publicamente porque “nenhum conjunto de fatos que emergiu permitiria falar substantivamente sobre o assunto”.

Além disso, a profissional acrescentou: “Não seria apropriado para a Nike fazer uma declaração acusatória sem ser capaz de fornecer os fatos de apoio”.

O caso

A funcionária que acusa Neymar de assédio sexual afirmou que, em 2016, em seu quarto de hotel em Nova York, nos Estados Unidos, o atleta tentou forçá-la a fazer sexo oral. Na época, o famoso estava no local para um evento da marca.

Oficialmente, a assessoria de imprensa do futebolista assegurou que ele é inocente. “Neymar Jr. se defenderá contra esses ataques infundados caso alguma denúncia seja apresentada. O que não aconteceu até agora.”

Já Neymar Pai garantiu ao jornal “Folha de S. Paulo” que o filho sequer conhece a suposta vítima. “Fomos surpreendidos por algo que aconteceu em 2016, que ninguém lembrava mais desse fato. É muito estranho tudo isso agora. O Neymar nem conhece essa moça. Claro que isso partiu da Nike depois da nossa saída”, disse.

A parceria entre a empresa e o atleta foi encerrada depois de 15 anos.

  • © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • Neymar © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • © SBT

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França

  • © Instagram

    Considerado um dos maiores atletas da atualidade, Neymar Jr. joga pelo Paris Saint-Germain, da França