Escritor tem 100 horas de entrevista para biografia de Boechat


© Facebook

A trajetória de Ricardo Boechat pode virar livro em breve. Isso porque o escritor Nilo Dante, de 85 anos, revelou ter gravado mais de 100 horas de entrevista com o jornalista.

VOCÊ VIU? Aos 39 anos, morre Deise Cipriano vítima de câncer no fígado

Sandra Annenberg diz que soube da morte de Boechat ao vivo

MC Mirella é detonada na web após sensualizar em escola 

Após rejeitar filha, Latino é acusado de dever pensão alimentícia

Segundo o colunista Ancelmo Gois, a biografia do comunicador já era para ter sido publicada há algum tempo. No entanto, ele desistiu do projeto quando ainda estava na metade.

Aliás, os dois já trabalharam juntos no “Diário de Notícias” e, de acordo com a publicação, Nilo teria indicado Boechat a Ibrahim Sued – que é considerado o inventor do colunismo social brasileiro.

O mais recente âncora do “Jornal da Band” morreu em um acidente de helicóptero, em São Paulo.

  • © Instagram

    Ricardo Boechat nasceu em Buenos Aires, na Argentina, em 13 de julho de 1952

  • © Instagram

    O jornalista era casado com Veruska Seibel desde 2005, com quem teve duas filhas: Valentina e Catarina

  • © Instagram

    Além disso, Boechat também era pai de Paulo, Bia, Rafael e Patricia – frutos de sua união com Claudia Costa de Andrade

  • © Instagram

    O veterano começou sua carreira no Jornalismo na década de 1970, como repórter do extinto jornal “Diário de Notícias”

  • © Instagram

    Boechat teve passagem pelo jornal “O Globo”, em 1983

  • © Instagram

    Em 1987, o jornalista ocupou a secretaria de Comunicação Social no governo Moreira Franco. Contudo, retornou para “O Globo” em 1989

  • © Instagram

    Ricardo Boechat conquistou três prêmios Esso – o principal reconhecimento do meio jornalístico

  • © Instagram

    O apresentador estreou um quadro de opinião no “Bom Dia Brasil”, da Globo, em 1997

  • © Instagram

    O jornalista deixou a Globo em junho de 2001

  • © Instagram

    Aos 66 anos, Ricardo Boechat era âncora do “Jornal da Band”, principal noticiário do canal, e mantinha uma atração diária na BandNews FM