Evan Rachel Wood diz que foi abusada por Marilyn Manson


© Instagram


Na manhã desta segunda-feira (1), Evan Rachel Wood revelou em seu Instagram que foi abusada pelo ex-noivo, Marilyn Manson, por anos. A atriz de “Westworld”, de 33 anos, já tinha revelado um relacionamento abusivo, mas sem falar o nome do agressor.





VOCÊ VIU? Série médica “The Resident” retorna ao FOX Life em fevereiro

Turma do Pagode lança segundo EP do DVD Turma no Quintal

Sony divulga protagonistas de “Um Lugar Bem Longe Daqui”

Luisa Sonza defende Maria Lina: “Somos atacadas por tudo”

“O nome do meu agressor é Brian Warner, também conhecido mundialmente como Marilyn Manson. Ele começou a me aliciar quando eu era adolescente e abusou terrivelmente de mim durante anos. Eu estava sofrendo lavagem cerebral e sendo manipulada à submissão. Estou farta de viver com medo de retaliação, difamações ou chantagem. Estou aqui para expor este homem perigoso e chamar a atenção para o mercado que o permitiu, antes que ele arruíne mais vidas. Estou do lado das muitas vítimas que que não serão mais silenciadas”, disse ela.

O relacionamento de Evan e Marilyn se tornou público em janeiro de 2007, quando ela tinha 19 anos de idade. Eles ficaram noivos em janeiro de 2010 e terminaram sete meses depois.

Em 2016, Evan chegou a falar sobre dois abusos que sofreu ao longo da vida durante uma entrevista para a Revista Rolling Stone. “Eu fui estuprada. Por um companheiro enquanto estávamos juntos. E em outra situação, por um dono de um bar. Não acredito que vivemos em uma época na qual as pessoas ainda permanecem em silêncio. Nosso mundo está dominado pelo fanatismo e sexismo. Não podemos ficar caladas”, disse, na ocasião.



Em 2019, ela voltou a falar sobre o assunto, e publicou um vídeo chorando em seu Instagram. “Eu ainda estou tentando seguir em frente, mas eu não sei se algum dia serei capaz de fazer isso. Eu não estou bem porque não lembro como é o sentimento de não se sentir apavorada”, disse.