Ex-BBB é acusado de rejeitar filhos gêmeos; um dos bebês morreu


© Divulgação


O ex-BBB Fernando Justin foi acusado de ter rejeitado seus filhos gêmeos, frutos de seu relacionamento com Ágata Gonçalves. A moça afirmou que o rapaz virou as costas para as crianças, mesmo após a morte de uma delas.





VOCÊ VIU?  Esposa de suicida processa a Record por ser chamada de “prostituta”

Ativista que ajudou a denunciar João de Deus assume carreira de Melody

Túlio Gadêlha rebate críticas de Maria Gadu e Gregório Duvivier

Saiba quanto Gleici cobra de cachê um ano após o “BBB 18”

Segundo o colunista Leo Dias, a jovem chegou a dizer que o famoso sugeriu que ela abortasse no momento em que descobriu a gravidez.

Decepcionada, a mãe das crianças revelou que, apesar de ter entrado em contato diversas vezes, nem durante a gestação, muito menos após o nascimento dos herdeiros, pôde contar com o apoio do moço.

Próximo ao parto, foi descoberto que os gêmeos tinham uma malformação chamada mielomenigocele, e que precisariam de cuidados especiais. Novamente, Ágata disse ter entrado em contato com Fernando, entretanto, o ex-BBB não a ajudou. Após cinco cirurgias, um dos bebês morreu, em dezembro de 2018.

Vale destacar que um exame de DNA foi feito e comprovou a paternidade das crianças.