• © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo

Ex-BBB Serginho lembra luta para ficar no Brasil após reality: “Passei anos escondido como um bandido”

Serginho Tacam se tornou famoso em todo país ao formar o primeiro casal do “Big Brother Brasil”, da Globo, com Vanessa Pascale. Nascido na Angola, o rapaz estava com o visto irregular e teve uma tremenda dor de cabeça após deixar o confinamento.

Durante três anos, o cabeleireiro travou uma batalha com a Polícia Federal e precisou viver escondido até conseguir evitar sua deportação.

“Foi um momento muito difícil para mim. Alguém que veio para somar, e as pessoas tratarem como se fosse um bandido. Me trataram dessa forma: como um bandido. Fiquei muito tempo escondido, tive que ficar quieto para baixar a poeira e curar as feridas”, contou ao jornal “Extra”.

Com sua situação regularizada, o ex-BBB investiu o dinheiro que ganhou no reality da TV Globo e abriu um salão em São Paulo.

Solteiro, o angolano afirma que ainda mantém contato com a ex-namorada do programa pelas redes sociais.

Veja também:

Vice-campeã do “BBB1” ganha papel em “Totalmente Demais”

“Ela foi uma pessoa muito querida, e eu sempre tento manter contato com as pessoas que foram importante para mim. Mas, devido à correria do dia a dia, nos falamos poucos”, disse sobre a atriz que voltou à TV na novela “Totalmente Demais”.

Além de Vanessa, Serginho manteve a amizade com Leka, musa da primeira edição do “BBB”: “Sou muito amigo dela e do marido até hoje”.




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE