Ex-“Pânico” ganha novo processo contra Netinho após agressão


© Montagem (Instagram/Band)


Rodrigo Scarpa, conhecido por ter interpretado o Repórter Vesgo no “Pânico”, ganhou o processo movido contra o cantor Netinho. O caso foi julgado pela 23ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo.





VOCÊ VIU? Juliana Paiva manda indireta após fim do namoro com Nicolas Prattes

Humberto Martins é afastado da Globo devido a problema de saúde

Corintianinha! Sabrina Sato mostra Zoe uniformizada

Sasha conquista família do namorado com jeito simples de ser

O pagodeiro foi condenado a indenizar o autor da ação em R$ 18 mil por tê-lo acusado de racismo durante uma entrevista cedida em 2014 a Rafinha Bastos no “Agora É Tarde”, extinto talk show da Band.



Segundo o “Notícias da TV”, o humorista argumentou que o veterano o “difamou em rede nacional, sugerindo que fosse uma pessoa racista”. Ele foi defendido pelo advogado dos famosos Sylvio Guerra.

Para quem não se lembra, o embate entre os dois famosos começou em 2005, quando Vesgo foi entrevistar Netinho durante um evento realizado em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra. Na ocasião, o cantor lançava a TV da Gente.

“Você está abrindo o canal agora? Para todo mundo, para todas as pessoas assistirem?”, questionou o ex-“Pânico”. O pagodeiro ficou irritado e acabou reagindo com um soco na orelha do entrevistador. E o caso foi para a Justiça, claro.

Em 2010, Rodrigo foi indenizado em R$ 45 mil. A briga parecia ter sido encerrada, mas ao relembrar o ocorrido, Netinho disse: “Não admito brincadeiras e piadas com questões racistas. E, na quele dia, era o Dia da Consciência Negra, ele foi fazer uma piada muito desagradável”.

Vale lembrar que, apesar da decisão, ainda cabe recurso.