Ex-Polegar pede dinheiro a Gugu Liberato: “Amor da minha vida”


© Facebook


O ex-Polegar Ricardo Costa usou as redes sociais, na última terça-feira (5), para fazer um apelo a Gugu Liberato. O músico desabafou sobre os problemas financeiros que têm enfrentado e pediu dinheiro ao apresentador.





VOCÊ VIU? Apresentadora da Globo confessa ter feito bariátrica aos 18 anos

Esposa de Thammy Miranda revela quanto já gastou com fertilização

Rafael Cardoso é processado por não pagar aluguel de apartamento

Gretchen adere à harmonização facial e resultado surpreende

“Se eu errei, peço seu perdão. Não somos perfeitos, mas hoje, aos meus 48 anos de idade, não aguento mais tanta humilhação por não ser compreendido por você, em ter a chance e a oportunidade em ter condições e ser ajudado mais uma vez por você, meu velho amigo e amor da minha vida”, escreveu.

Alguns momentos depois, o veterano apagou o trecho que se refere ao famoso como “amor da minha vida”, mas manteve o restante do texto.

O artista aproveitou para relembrar a época em que foi apresentado a Gugu. “Sabe, Augusto, conheci você com 16 anos de idade. Muita gente não sabe, mas convivi com você, fui o entusiasmo e a motivação entre nossa amizade em 1986 quando nasceu a ideia de montar um grupo musical […]”, postou.



Vale lembrar que esta não é a primeira vez que Ricardo pede ajuda financeira nas redes sociais. Em abril do ano passado, o ex-integrante do Polegar contou que acumulou uma dívida referente à pensão alimentícia do filho, de 10 anos.

  • © Facebook

    O ex-Polegar Ricardo Costa já comentou abertamente em algumas ocasiões sobre as dívidas que contraiu nos últimos anos, principalmente em 2014, quando acumulou R$ 150 mil em pensão alimentícia que não pagou ao filho. Inclusive, costuma utilizar o Facebook para pedir ajuda financeira – recentemente colocou à venda o food truck que usa atualmente para trabalhar

  • © Record

    Após trabalhar em algumas novelas e peças, e se tornar conhecido como namorado de Susana Vieira (eles terminaram em 2015), Sandro Pedroso comentou publicamente sobre suas dificuldades financeiras e revelou que precisou aceitar um emprego como garçom para complementar sua renda. No ano passado, chegou a desabafar na web que estava sem dinheiro para comprar fraldas e um inalador para o filho, Noah, de seu relacionamento com Jéssica Costa – filha do sertanejo Leonardo

  • © Divulgação

    Veterana das novelas, Joana Fomm revelou em 2016 sua crise financeira. A atriz precisou de empréstimo bancário e não conseguia pagar nem a taxa do condomínio onde mora, no Rio de Janeiro. Pelo Facebook, chegou a pedir emprego “como atriz ou jornalista”. Após o desabafo público, a artista foi convidada para um papel em “Apocalipse” (2017), da Record

  • © Divulgação

    Marcos Oliver é ator, modelo, já lançou até livro sobre como conquistar as mulheres, mas passou por ‘apertos’ financeiros após participar de “A Fazenda”, da Record, em 2013. Com dívidas de pensão alimentícia, valor que chegava a R$ 50 mil, o famoso acabou preso e contou com ajuda de amigos e fãs para arrecadar dinheiro

  • Ximbinha viu sua vida financeira ficar complicada após o fim de sua parceria com Joelma na Banda Calypso, em 2015. O guitarrista mergulhou em dívidas e rumores indicam que o valor negativo chega a R$ 500 mil – resultado de empréstimos e cheques sem fundo

  • © Divulgação

    Dedé Santana conseguiu dinheiro com a carreira de ator, principalmente no auge com “Os Trapalhões”, mas acabou perdendo parte da fortuna ao longo dos anos. Em entrevistas recentes, o humorista já confessou que contou por diversas vezes com a ajuda financeira de Renato Aragão

  • © TV Globo

    Neuza Borges revelou, em 2014, que sobrevivia da renda de um brechó que montou na Bahia. Na época, a atriz agradeceu publicamente a Bruna Marquezine por ter doado peças de roupas para que ela pudesse abrir a loja. Em 2016, pediu emprego a Gustavo Reiz e conseguiu uma participação em “Escrava Mãe”, da Record

  • © Divulgação/Record

    Marcos Winter teve problemas financeiros após ficar sem papéis nas telinhas e precisou se desfazer de bens. Chegou a pedir emprego a Aguinaldo Silva na época de “Duas Caras” (2007) para poder pagar as contas. “Minha despesa mensal é grande, porque minha família é grande. E fazer teatro, que eu adoro, mal paga a gasolina”, disse ele, na época, ao jornal “O Globo”

  • © Instagram

    Pepê e Neném já falaram publicamente sobre a falta de dinheiro após o sucesso. As cantoras chegaram a receber uma ordem de despejo do apartamento onde moravam, no Rio de Janeiro, em 2013. Na época, ganharam doações para quitar parte das dívidas

  • © Tv Globo

    Norma Bengell sofreu um acidente que lesionou sua coluna e a impossibilitou de continuar trabalhando. Antes de falecer, em 2013, a atriz precisou vender parte de seu acervo, avaliado em R$ 200 mil, para poder quitar parte de suas dívidas

  • © SBT

    Eterno Professor Girafales em “Chaves”, Rubén Aguirre divulgou uma carta reveladora em 2015, detalhando sua crise financeira por causa dos altos custos que teve para cuidar da saúde. O veterano teve que vender uma casa no México para poder quitar parte de sua dívida, assim como uma pequena fazenda

  • © Divulgação

    Pamela Anderson precisou vender diversos bens, acumulados ao longo de sua carreira, para poder conseguir quitar as dívidas com impostos nos Estados Unidos. Atualmente, a vida financeira da loira vai bem melhor

  • © Divulgação

    Nicolas Cage chegou a acumular mais de US$ 150 milhões em sua carreira de ator, mas gastou tudo e, em 2012, revelou à revista “People” que entrou em uma dívida de US$ 14 milhões. Além de mansões, castelos e até uma ilha, o famoso investiu a fortuna em carros de luxo, um gibi de colecionador e até um esqueleto de dinossauro avaliado em US$ 276 mil

  • © Divulgação

    Antes de morrer, em 2012, Whitney Houston passou por dificuldades financeiras, resultado da má administração de sua fortuna. Na época, rumores indicavam que a cantora recebia ajuda financeira de amigos. Após sua partida, a artista teve seus álbuns entre os mais vendidos, o que aumentou a bolada que foi deixada para sua família

  • © Instagram

    Viúva do líder do Nirvana, Kurt Cobain, Courtney Love por processada por não pagar a fatura de cartão de crédito de US$ 350 mil, em 2009. Com a vida financeira ‘bagunçada’, a cantora teve que vender parte de seus direitos nas obras do falecido marido

  • © Divulgação

    Kim Basinger entrou com processo de falência em 1993. Na época, a atriz não tinha dinheiro suficiente para arcar com a quebra de contrato com uma produtora de filmes, que a processou em mais de R$ 8 milhões

  • © Divulgação

    Wesley Snipes ganhou uma fortuna com seus filmes, mas acabou condenado à prisão nos Estados Unidos, por ter acumulado uma dívida de nada menos do que US$ 12 milhões em impostos

  • © Facebook

    Toni Braxton se tornou um dos fenômenos da música e acumulou muitas riquezas. Contudo, começou a contrair muitas dívidas e chegou a declarar falência por duas vezes. Em 1998, a cantora tinha gastos enormes, que não condiziam com seus lucros. Em 2010, a dívida chegou a US$ 50 milhões

  • © Instagram

    Mike Tyson declarou falência oficialmente em 2003, alegando uma dívida de US$ 50 milhões. O ex-lutador acumulou mais de US$ 400 milhões na carreira, mas torrou tudo com carros, mansões, joias e outros luxos. Atualmente, o veterano garante que conseguiu contornar o saldo negativo na conta e leva uma vida mais ‘humilde’

  • © Divulgação

    Stephen Baldwin – pai de Hailey Baldwin, atual esposa de Justin Bieber – também já se deu mal com as finanças. O ator declarou sua falência em 2009, após comprar uma mansão e não conseguir pagar pela propriedade. A dívida ultrapassava os US$ 2 milhões

  • © Divulgação

    Iggy Azalea foi processada por uma empresa de crédito nos Estados Unidos, por causa de uma dívida de nada menos do que R$ 1 milhão

  • © Divulgação

    Kanye West anunciou publicamente que estava com uma dívida de R$ 180 mil, resultado de seus gastos altíssimos. Além disso, o cantor investiu em uma grife que não decolou. Atualmente, a vida financeira do rapper vai melhor

  • © Instagram

    50 Cent gastou mais do que deveria e, em 2015, declarou falência. A divida estimada era de R$ 110 milhões, sem contar uma outra disputa legal que o deixou em um problema ainda maior

  • © Divulgação

    Michael Jackson estava prestes a declarar falência antes de morrer, em 2009. O cantor teria deixado uma dívida bilionária em impostos nos Estados Unidos, resultado de uma vida com gastos bem maiores do que seus rendimentos, além de batalhas judiciais após ter sido acusado de abuso sexual

  • © Instagram

    Lindsay Lohan teve problemas com o fisco e chegou a ter a conta bancária confiscada pela receita federal dos Estados Unidos, o Internal Revenue Service, para quitar uma dívida de mais de US$ 200 mil. Na época, em 2012, a atriz teria recebido metade do montante de Charlie Sheen para poder pagar o débito