Fabrício Boliveira estrela o filme “Breve Miragem de Sol”


© Instagram


Fabrício Boliveira, de 39 anos de idade, estrela o filme “Breve Miragem de Sol”, dirigido por Eryk Rocha e disponível no Globoplay. O ator dá vida ao personagem Paulo, um motorista de táxi de 40 anos, recém-separado, que dirige na noite carioca.





VOCÊ VIU? Xuxa diz que envia “figurinhas safadas” para Angélica e Eliana

Bruno Cabrerizo estará na próxima novela das 19h da Globo

John Boyega temeu por carreira após “Black Lives Matter”

Virginia Fonseca conta detalhes do casamento com Zé Felipe

“Paulo é um homem em ebulição num país em caos, e, ainda assim, não perde o desejo pela experiência, pelo novo, pelo outro, através da escuta aguçada e do seu olhar interessado”, ressaltou o ator à “Quem”.

A preparação para o personagem foi intensa, mas segundo Fabrício, enriquecedor culturalmente. “Primeiro, abri bastante minha escuta para as questões da cidade e que se conectavam com a questão do país. Em seguida, fiz aulas de capoeira para ampliar minha atenção. Vasculhei a Zona Norte do Rio de Janeiro de trem, de táxi à noite, conversei bastante com as pessoas dessa região da cidade. Queria entender uma realidade para além do meu olhar. Enfim, todo esse processo foi superimportante para eu ratificar os avanços sociais, frutos das políticas afirmativas, e o quanto foram transformadoras, para diminuir as desigualdades, na busca das garantias dos direitos do povo brasileiro”, pontuou.



Soteropolitano, o ator contou a motivação de ter voltado para Salvador após 14 anos morando no Rio de Janeiro. “Reconectar-me com minhas raízes, estar mais próximo da minha família. Salvador é um polo cultural de referências muito presentes no meu trabalho. Penso que é bom poder dialogar novamente com minha cidade e meu Estado, estando mais pertinho deles”, avaliou.



Vencedor de três prêmios no Festival do Rio 2019, o longa é uma coprodução entre Brasil, França e Argentina. O filme estreou no Festival de Londres em outubro de 2019 e depois passou por Suécia, Portugal, Bahia, São Paulo e Rio. Segundo o diretor, a pandemia “interrompeu” a trajetória traçada pela equipe e então surgiu a oportunidade de lançamento no Globoplay.

Assista o trailer aqui!