Felipe Titto nega boato de traição: “Onde fui criado isso dá morte”


© TV Globo


Felipe Titto levou um susto ao abrir o jornal, nesta sexta-feira (18), e ver que seu nome estava envolvido em um boato de traição. O ator ficou bastante chateado com a história de que ele teria sido flagrado beijando a esposa de um diretor da TV Globo no estacionamento do Projac. O galã negou que o tal episódio tenha ocorrido.





Veja Também:

Felipe Titto é visto aos beijos com produtora casada e causa mal-estar nos bastidores de “Malhação”

“Sinto muito o que foi divulgado. Senti muita indignação. Nunca desrespeitei nenhum jornalista e não faço ideia de onde surgiu tanta maldade”, disse ao “Ego”.

Casado há seis anos, o bonitão afirmou que sua esposa, a arquiteta Mel Martínez, reagiu bem aos rumores por acreditar na fidelidade e na índole do marido.



“Nunca faria isso, ainda mais com mulher casada, jamais! Não sou trouxa nem bobo. Sou ator há 20 anos e trabalho na Globo há 13. Onde fui criado isso dá morte! Não faz sentido isso para mim. É pena de morte! O Brasil vivendo essa crise política e as pessoas preocupadas em divulgar mentiras sobre mim.”



De acordo com o jornal “Extra”, Titto teria sido fotografado beijando uma produtora de “Malhação” e a imagem estaria circulando entre os integrantes da equipe da novelinha.

Para evitar um mal estar ainda maior, o rapaz teria tido sua participação diminuida na novelinha e deixaria o elenco do projeto em breve.