Fernanda Lima confessa que manda nudes para Rodrigo Hilbert


  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews


Prestes a estrear a nova temporada de “Amor & Sexo” – a partir do dia 23 deste mês -, na Globo, Fernanda Lima confessou que é bem “tradicional” quando o assunto é sexo. No entanto, a apresentadora aprendeu alguns truques com a atração e, inclusive, passou a mandar fotos mais íntimas para o marido, Rodrigo Hilbert.

“Não sou moderna em relação a sexo, sou bastante conservadora, careta mesmo. Venho de uma família do Sul, né?! Mas o programa me fez acompanhar as tendências: eu mando nudes para o Rodrigo, sim. Na verdade isso sempre aconteceu, mas agora está mais em voga de se falar”, disse a beldade à revista “Época”.

Veja também:

Após polêmica, babá defende Fernanda Lima: “Tenho liberdade em tudo”

A artista ainda contou que, assim como na TV, sexo não é um tabu em casa. Com os filhos – os gêmeos Francisco e João, de 8 anos – na “fase das perguntas”, ela não tem como escapar. “Outro dia me perguntaram: ‘O que é sexo?’. Eu disse que é o namoro de um casal e a maneira como se faz um filho”, lembrou.

Mas ressaltou: “A questão do prazer, claro, não abordei, porque eles ainda são muito novos. Mas, com certeza, a geração deles será bem mais esclarecida em termos de sexo”.

Sobre o programa, Fernanda adiantou que se trata de “um pouco mais do mesmo”, já que “em time que está ganhando não se mexe”. Além de algumas renovações, incluindo mudanças no elenco, a bela terá uma apresentação musical com maior tempo na abertura do projeto e tem treinado intensamente para fazer bonito.

“Não é tranquilo de fazer, confesso: não sou cantora e nem dançarina. Mas ensaio para caramba, entre 4h e 5h por dia, e também faço aulas de dança para fazer as coreografias da melhor forma. É uma labuta, mas depois que vejo as aberturas prontas fico muito orgulhosa de ter conseguido.”



Close sidebar