Filha de Fernanda Young faz homenagem após morte da mãe


© Instagram


Estela May fez uma homenagem à mãe, Fernanda Young, nas redes sociais, nesta segunda-feira (26). A jovem desabafou sobre a morte da artista em um texto comovente.

VOCÊ VIU? Claudia Leitte mostra 1ª foto da filha após dar à luz

Gustavo Mioto e Thaynara OG terminam o namoro

Reynaldo Gianecchini mostra bastidores de tiro em “Dona”

Tata Werneck se desculpa com empresário de Chrystian e Ralf

“Mamãe, eu nunca doí tanto, mas sei que você voltou para as plêiades, a 444,2 anos-luz daqui para relatar os dados que você adquiriu da terra: são todos uns mesquinhos tontos que só fazem merda, mas às vezes amam e se divertem. Você amava e se divertia”, escreveu.

“Você deixa para trás a obra mais perfeita que já vi, todos os textos, todas as brilhantes ideias de jerico que nem chegaram a ser realizadas. Pode deixar que eu realizo. E os poemas, aqueles lindos poemas”, continuou.

“Tudo sobre você sempre me impressionou, é como se você fosse o protótipo da mãe legal: anárquica, generosa, engraçada, gentil, doida e ainda por cima não me julgou naquela fase que eu só dormia se tivesse um guarda-chuva aberto em cima de mim. Vai ser difícil sem você, mas vamos conseguir, prometo. Pode acreditar que tudo que eu fizer vai ter uma pitada sua, porque você é a minha maior inspiração. Você é eterna. Que orgulho de ser sua filha. Te amo e obrigada pelos mais lindos 19 anos”, completou a moça.

A famosa, que sofria de asma, morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Ela estava em um sítio da família, no interior de Minas Gerais, quando foi socorrida, mas não resistiu.

View this post on Instagram

mamãe, eu nunca doí tanto. mas sei que você voltou pras plêiades, a 444,2 anos-luz daqui, pra relatar os dados que você adquiriu da terra: são todos uns mesquinhos tontos que só fazem merda mas às vezes amam e se divertem. você amava e se divertia. você deixa pra trás a obra mais perfeita que já vi, todos os textos, todas as brilhantes ideias de jerico que nem chegaram a ser realizadas (pode deixar que eu realizo) e os poemas. aqueles lindos poemas. ai de alguém apagá-los das paredes. tudo sobre você sempre me impressionou, é como se você fosse o protótipo da mãe legal: anárquica, generosa, engraçada, gentil, doida e ainda por cima não me julgou naquela fase que eu só dormia se tivesse um guarda-chuva aberto em cima de mim. vai ser difícil sem você mas vamos conseguir, prometo. e pode acreditar que tudo que eu fizer vai ter uma pitada sua, porque você é a minha maior inspiração. você é eterna. que orgulho de ser sua filha. te amo e obrigada pelos mais lindos 19 anos

A post shared by Estela May (@e.mym) on



Close sidebar