Gui Araújo fala sobre rompimento com Anitta: “Está tudo bem”


© Instagram


Gui Araújo falou pela primeira vez sobre o fim de seu namoro com Anitta. O apresentador foi às suas redes sociais, nesta quarta-feira (22), para dar a sua versão sobre o término do relacionamento. Ele comentou que o rompimento foi normal e não houve nenhuma briga entre eles. Segundo o famoso, o isolamento social acelerou muito as etapas da relação com a cantora.





VOCÊ VIU? West diz que tenta se divorciar de Kim Kardashian há 2 anos

Kim Kardashian diz que Kanye West tem um distúrbio bipolar

Daiana Garbin lança livro com críticas às redes sociais

Anitta embarca para Europa e fará quarentena na Croácia

“Para que não se criem maiores especulações e críticas, eu e a Larissa não estamos mais juntos. Está tudo bem, não brigamos, está tudo certo. Somos pessoas adultas, bem resolvidas, independentes. Nos aproximamos bastante nessa quarentena, foi um período bem incomum e anormal para todo mundo. Talvez até por isso tivemos até mais tempo para essa aproximação. A gente se conhecia há muito tempo e nunca não tivemos nada antes”, afirmou o apresentador.

Gui Araújo fez questão de desejar tudo de melhor para a agora sua ex-namorada e deixou claro que admira bastante Anitta, tanto profissionalmente como pessoalmente. O rapaz disse que não se sente à vontade em falar de sua vida privada nas redes sociais.

“Está tudo certo. Eu estou bem e Larissa também. Vida que segue. Relacionamento é isso. Começa, termina e muito amor. De coração, desejo toda a felicidade e sorte do mundo para ela. Meu carinho e minha admiração pela Larissa e pela Anitta só aumentaram nesse tempo todo. Vida que segue! Sinceramente, não me sinto nada confortável em tratar esse tipo de assunto aqui, porque é minha vida pessoal, mas entendo que muita gente me cobra um posicionamento e explicação. Espero que eu tenha conseguido ser claro”, finalizou ele.

Anitta ficará uma temporada fora do Brasil. A cantora viajou nesta terça-feira (21) para Europa, onde ficará um período de 14 dias de quarentena, por conta da pandemia do novo coronavírus, antes de resolver assuntos profissionais em um país ainda não revelado.