Guilherme Fontes relembra envolvimento com drogas: “Pensei que fosse morrer”


© Divulgação/TV Globo


Galã da década de 1990, Guilherme Fontes relembrou situações polêmicas de sua vida em entrevista à “Playboy” deste mês. Entre os assuntos comentados, o ator falou a respeito de seu envolvimento com drogas.





“Não há nada pior do que uma ressaca de cocaína. Mas nunca deixei isso tomar conta da minha vida. Nunca comprei. Uma vez eu tomei um ecstasy, uma coisa horrorosa. […] Começou a me dar umas tremedeiras nas pernas. Achei que fosse morrer mesmo naquele momento”, relatou.

E admitiu: “Depois foi legal, mas acho que mais por causa do álcool que eu tinha tomado. Mas aquilo deu um revertério em mim que eu achei muito estranho, muito estranho. Foi só uma vez para nunca mais”.

Veja também:



Snoop Dogg é preso por suspeita de consumo de drogas na Suécia

Aos 48 anos, o artista destacou que hoje está mais tranquilo em relação a mulheres. No auge de seu sucesso, contudo, a situação era diferente.



“Fui comedor só antes de começar a casar. Nunca fui surubeiro. E nem gosto de traição. Dos meus 15 aos 21, fiz aquele strike natural que você faz ou fazem com você. Quando você é garoto, é comum ser amante, pegar mulher (casada) insastifeita”, relembrou.

E completou: “Depois fiquei uns dois anos nessa farra após me separar da Claudia (Abreu, em 1994). Agora estou solteiro, calmo e nem quero casar tão cedo. Não quero nem sair de mão dada”.

Vale lembrar que Fontes está oficialmente solteiro desde março de 2014, quando terminou o casamento de 13 anos com Patrícia Lins da Silva.