Harry e Meghan deixam oficialmente os cargos da coroa


© Instagram


O Palácio de Buckingham anunciou na manhã de sexta-feira (19) que o príncipe Harry e Meghan Markle estão oficialmente fora de todos os deveres da coroa britânica e não servirão mais como membros trabalhadores da Família Real.





VOCÊ VIU? Netflix confirma segunda temporada de “Fate: A Saga Winx “

César Filho recebe alta após internação por Covid-19

“Não paga as minhas contas”, diz Tiago Abravanel sobre o avô

Belo é solto após prisão por show ilegal na pandemia

“Após conversas com o Duque [de Sussex], a Rainha escreveu confirmando que, ao se afastar do trabalho da Família Real, não será possível continuar com as responsabilidades e deveres inerentes a uma vida de serviço público”, informou a declaração oficial. As nomeações militares honorárias do casal e os títulos reais serão integralmente devolvidos à Rainha Elizabeth II para serem redistribuídos.

“Enquanto todos estão tristes por sua decisão, o Duque e a Duquesa continuam sendo membros muito queridos da família”, finalizou o comunicado.

Na época em que Harry e Meghan anunciaram o afastamento de seus cargos reais, a Rainha Elizabeth II concordou em realizar uma revisão da decisão doze meses após a saída. A nova decisão aconteceu após retomadas de conversa entre o Príncipe, de 36 anos de idade, e outros membros da família.



“Como evidenciado por seu trabalho no ano passado, o Duque e a Duquesa de Sussex permanecem comprometidos com seu dever e serviço ao Reino Unido e ao redor do mundo, e ofereceram seu apoio contínuo às organizações que representaram, independentemente de seu papel oficial. Todos nós podemos viver uma vida de serviço. O serviço é universal”, afirmou um porta-voz de Harry e Meghan Markle.



O Page Six divulgou as associações militares, da comunidade e de caridade, que terão títulos e honrarias revertidos para a Rainha: The Royal Marines, RAF Honington, Royal Navy Small Ships and Diving, The Queen’s Commonwealth Trust, The Rugby Football Union, The Rugby Football League, The Royal National Theatre e The Association of Commonwealth Universities.