Inês Brasil é acusada de calote de R$ 70 mil na Europa


  • © Facebook
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram


Inês Brasil pode ter um prejuízo daqueles muito em breve. Após desistir de fazer uma turnê na Europa, que incluía shows em Portugal e na Irlanda, a cantora deverá ser processada. Isso porque, segundo organizadores das apresentações, a morena deve 20 mil euros (aproximadamente R$ 70 mil).

VOCÊ VIU? Pepê solteira e ‘quase morte’ de Arlindo Cruz; veja notícias

Após traição, esposa detona cantora Pepê: Muito hipócrita”

Maisa celebra 15 anos com festa de luxo e três figurinos

Emilly dança até o chão com Safadão: “Dia inesquecível”

De acordo com o jornal “Extra”, o valor é referente a passagens aéreas, cachês, hospedagens, divulgação e aluguel do espaço onde seriam feitas as exibições.

Vanessa Cotrim, um das contratantes, contou que Inês assinou um contrato para se apresentar nos países no fim de maio. “Paguei as passagens e parte do cachê, conforme combinado com os agentes dela, e até agora não vi a cor desse dinheiro.”

E continuou: “Ela desistiu de viajar 50 minutos antes do voo. Gravou um vídeo pedindo desculpas e dizendo que sentiria muita falta da família enquanto estivesse na Europa. Foi um caos cancelar tudo na última hora”.

Segundo Michael Kruse, outro organizador do evento, os advogados da artista não respondem às suas ligações e mensagens. “Eles não retornam, mas temos a soma dos custos, que dá mais de 20 mil euros. O que queremos, ao menos inicialmente, são os custos com os dois depósitos que fizemos com os 50% dos shows e os custos com as passagens internacionais e internas.”

O profissional ainda destacou que possui tudo registrado: “Estamos com todos os documentos de compras e transferências feitas para o empresário da Inês aqui com a gente”.

A artista, por sua vez, não se pronunciou mais acerca do assunto.



Close sidebar