Isolado, Agnaldo Timóteo é proibido de ver filha caçula


© Divulgação


Agnaldo Timóteo está sem contato com a filha adotiva mais nova, de 12 anos. Após receber altar hospitalar, o veterano passou a viver em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.





VOCÊ VIU? Após o “Power Couple”, Drika descobre traição de André Marinho

Sucesso de Sérgio Guizé incomoda colegas de “A Dona”, diz colunista

Babi Rossi detona Juju Salimeni: “Se jogava para meu namorado”

Solange Gomes revela ter abortado filho de Renato Gaúcho

Segundo o jornal “Extra”, o famoso está sob os cuidados dos irmãos. No entanto, eles têm proibido que o artista receba visitas, até mesmo de seus herdeiros.

Outra que também não mantém mais contato com Agnaldo é a empresária Rosária, que trabalhou com ele por mais de 20 anos. Ainda não se sabe o motivo desse afastamento.

Timóteo ficou internado por quase dois meses, após sofrer um princípio de AVC – acidente vascular cerebral. Ele chegou a perder a lucidez, mas conseguiu se recuperar.





  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”

  • © Divulgação

    Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira em programas de calouro, até se tornar conhecido como o “Cauby mineiro”. Antes do estrelato, chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria, e, em paralelo se dedicava à música. Ficou famoso após gravar a canção “Meu Grito”, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”