Jurada de Silvio Santos é agredida por bandido em chácara


© Arquivo Pessoal


Na madrugada desta segunda-feira (11), Florina Fernandez, jurada do “Programa Silvio Santos”, passou por apuros em sua chácara, na cidade de Monte Mor, interior de São Paulo. O local foi invadido por um homem, que agrediu a artista e sua irmã, Iris Fernandez.

VOCÊ VIU? Silvio Santos recebe título de Doutor Honoris Causa

A noite de terror teve início quando a dupla viu, pelas câmeras de segurança, que o cachorrinho da família havia caído na piscina. “Estávamos ainda longe, liguei para um pedreiro meu de confiança para ir lá salvar o cachorro. Como ele não tem carro, ele foi ao vizinho e pediu ajuda. Um homem, que estava conversando com esse vizinho, entrou de bico e foi junto”, iniciou o relato ao “Ego”.

E continuou: “Cheguei logo em seguida e dei um dinheiro aos três, pela ajuda. Depois vi que meu notebook estava fora do lugar e avisei ao meu pedreiro, pois já tinha percebido que foi o cara que veio junto com ele”.

O problema foi que, durante a madrugada, enquanto assistiam à TV, Flor e a irmã ouviram um barulho e foram surpreendidas pelo homem novamente na casa. “Era o mesmo cara. Não sei se o meu pedreiro falou com ele, o que aconteceu. Mas ele disse que não ia deixar a gente denunciá-lo, que ia nos matar, queria as imagens das câmeras, gritava para a gente abrir a porta. Ele acabou entrando pela janela do meu quarto”, relatou.

Desesperadas, as duas entraram em luta corporal com o bandido, que não estava armado, mas as agrediu. “Minha boca está inchada e os arranhões doendo muito. Mas na hora da briga com ele, nem pensei, estava com a adrenalina muito alta. Chamava por Deus. Já tinha sofrido uma tentativa de assaltado outra vez e também não entreguei a bolsa. Minha mãe sempre ensinou a sermos fortes”, completou.

O homem ainda está foragido, mas a jurada do SBT já contratou uma empresa de segurança particular para proteger o local.



Close sidebar