Justiça aciona Maraisa por suposta dívida com ex-cunhado


© Instagram


A justiça tentou penhorar o cachê recebido por uma live feita por Maiara e Maraisa após Maraisa ter sido acionada por conta de uma suposta dívida que teria com um ex-cunhado.





VOCÊ VIU? Nasce Zyan, 3º filho de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso

Globo registra nome da nova novela de João Emanuel Carneiro

“Nos Tempos do Imperador” deve ser retomada em dezembro

Cássia Kiss desabafa sobre pandemia: “Luta para estar viva”

De acordo com as informações divulgadas pela “Quem”, o empresário Elias Fernandes da Silva entrou na justiça contra a cantora em 2019 alegando que ela devia cerca de R$ 1,4 milhão após ter feito um empréstimo com eles para a compra de uma fazenda com nota promissória.

O advogado da dupla sertaneja, Dr. Mauricio Vieira de Carvalho Filho, divulgou um comunicado onde afirmou que a cantora foi manipulada por seu ex-namorado Raimundo, irmão de Elias, a assinar sete notas promissórias em branco quando estavam juntos em 2017. Somente depois da intervenção de advogados, Raimundo teria devolvido seis delas.



Segundo o comunicado, essa nota não devolvida foi falsificada pelos irmãos, que “buscam de maneira vil e suja, compelir que a Maraisa efetue o pagamento de um débito inexistente, sem lastro, e sem justificativa”.



A cantora Maraisa também se pronunciou sobre o assunto. “Parece moda falar em relacionamento abusivo, mas ele realmente existe. Senti isso na pele! Você se deixar manipular a ponto de assinar promissória em branco é muito mais que ingenuidade. A única coisa que desejo é a resolução disso o mais breve possível. Já me sinto muito forte por não ter cedido às ameaças de levar o assunto para imprensa, pronto tá aí! Sobre este assunto é a primeira e única vez que vou me pronunciar, uma hora isso tem de deixar de fazer parte da minha vida”, revelou.