Karol Conka e mais famosos se comovem com criança que teve cabelo alisado por madrasta


© Instagram


Desde a última segunda-feira (2), artistas têm se mobilizado para mostrar apoio a Bella, de 8 anos, que teve seu cabelo alisado, sem autorização, pela madrasta. O relato do ocorrido foi compartilhado por Fernanda Taysa, mãe da garotinha, nas redes sociais.

VOCÊ VIU? Simone desabafa sobre doença de Simaria: “Vi os ossos da coluna dela”

Não gostou! Bruna Marquezine manda recado a atleta que machucou Neymar

Socialite que chamou Titi de “macaca” leva surra em fila de show de Anitta

“Sonho virou pesadelo”, diz jovem ao abrir processo contra salão de Ludmilla

“Ontem eu recebi um telefonema do pai me comunicando que a mulher dele cortou os cabelos da Bella sem a minha permissão e que foi só as pontinhas. Oi? Pontinhas? Ela cortou o cabelo dela mais da metade e alisou. Quando ela molhar, o cabelo vai encolher mais ainda”, declarou.

A criança, que gostava de seus cachos, estaria mal com a situação: “Ela, desde pequenininha, é uma criança empoderada. Hoje nem dormi direito, pois ela já chegou aqui em casa com uma baixa autoestima”.

O desabafo, claro, viralizou e até Karol Conka se manifestou. “Mas que absurdo. Isso deveria ser crime. Estou arrasada com essa história. Que mulher maldita, invasiva e desrespeitosa. Depois que quebra a cara de um ser desse, o povo chama de radicalismo. Sinto muito. Fica bem, Bella”, disse.

Bianca Bin também mostrou seu apoio ao comentar o relato com um emoji de coração partido.

Samara Felippo foi outra a se posicionar: “Ninguém tem o direito de violar a identidade negra de uma criança, seu cabelo é sua força, sua raiz, seu poder, é resistir a esse mundinho doente, cheio de padrões de b*$%@. O que essa mulher e esse pai fizeram é de uma crueldade sem fim”.

Já Paula Braun usou seu Twitter para expor sua indignação. “Eu, se fosse a mãe, pedia guarda total. Não sei se já tem ou como é, mas esse é um tipo de violência pesada, principalmente porque é traumática para a criança”, avaliou.

A responsável pela menina, vale ressaltar, anunciou que tomará providências na Justiça contra o pai e a madrasta, além de procurar ajuda psicológica para a filha.



Close sidebar