Letícia Colin compara mamilo sangrando ao dia da Terra


© Instagram


Nesta última quinta-feira (23), Letícia Colin usou a sua rede social para fazer um desabafo. A atriz publicou uma foto do seu mamilo sangrando e fez referência ao dia da Terra, celebrado na última quarta-feira (22). Ela é mãe de Uri, de cinco meses, fruto do relacionamento com Michel Melamed.





VOCÊ VIU? Iza desabafa sobre carga emocional na quarentena

Deborah Secco revela pedido de Maria Flor: “Fazer teatro”

Vera Fischer conta sobre batismo no Rio Ganges, na Índia

Whindersson defende Rafa Kalimann e revela torcida no “BBB”

“Ontem: dia da Terra. Vi no Instagram, então é verdade. Perdi o timing de catar alguma foto bucólica… eu teria opções de terra fofa, terra úmida, de terra-lama com morte em Brumadinho… perdi a chance polêmica de defender com gosto os projetos de ocupação para os sem-terra. Perdi o Repost das covas surreais, de chorar on-line essa merda toda em que estamos mergulhados”, começou.

“Não deu, é preciso arar meu filho. Perdi o dia vivendo! Vivi tanto que perdi inclusive, um pedaço de mamilo. Esfolou sangrante pertinho da boca do bebê. Perdi o fôlego. Que dor do c*! Que momento pra meu filho sorrir bem na minha cara! Ele faz de propósito, tenho certeza. ‘Sabe de nada, inocente…’. E foi ardendo, foi ardendo – imaginei a hora do banho – foi ardendo mais… cara, foi virando arrepio. Aí num vislumbre, a insanidade pulsando: um futuro orgulho desse cruzar linhas… é. Satisfação por furar e costurar linhas. Linhas de pele humana: estrias-linhas; linhas-ponto-pós-parto-normal; malemolentes-linhas-flácidas”, disse.

“Uma terra toda eu. Do meu jeitinho. Com trincheiras, com bulbos e linhas de pelos. Queria falar mais dessas minhas tetas-fruto, que têm corajosamente desafiado minha mente e meu cansaço. Mas eu sou terra, e fico seca. Amanhã se chover, eu volto”, concluiu.